• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







Todos os Vinhos Provados no Blog Os Vinhos (4195)
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos (3480)

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Bloggers juntam-se para uma Prova Vertical Quinta do Crasto Reserva 1994 a 1999 (Dez/2015)


No passado dia 17/12/2015 no Prazer dos Cheirinhos em Mem Martins, teve lugar uma Prova Vertical das primeiras 6 colheitas (de 1994 a 1999) do vinho Quinta do Crasto Reserva.

Durante a Prova estiveram presentes os Bloggers :
- Pedro Rafael Barata (Blog Os Vinhos)
- Rui Lourenço Pereira (Blog Art meets Bacchus)
- Carlos Janeiro (Blog Comer, Beber e Lazer)
- Francisco Damião de Brito (Blog Vinho do Porto Vintage)
- Nuno Ciríaco (Blog Adega dos Leigos)
- Luis Gradíssimo (Blog Avinhar) e Arnaud Stevenot, Victor Janeiro (Prazer dos Cheirinhos) e um curioso Pedro.

Esta prova foi efectuada com a degustação das primeiras 6 colheitas: 1994, 1995, 1996, 1997, 1998 e 1999.



Vinhos degustados durante a Prova:

Quinta do Crasto Reserva 1994 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto
Álcool: 13%
Enólogo: David Baverstock
Nota de Prova: Cor granada de média intensidade e nariz marcado pelos aromas de couro e algum vegetal seco, acompanhados por um delicado toque fumado e uma certa mineralidade, na boca é um vinho já evoluído mas ainda com uma acidez muito fina e delicada, no paladar revela fruta em passa e um ligeiro toque de couro, formando um conjunto digno face à sua idade, o final de boca termina com uma persistência breve.
Classificação Pessoal: 16
Quinta do Crasto Reserva 1995 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto
Álcool: 13.5%
Enólogo: David Baverstock
Nota de Prova: Cor granada acastanhada e nariz delicado, onde a fruta em passa revela-se bem evidente e subtilmente acompanhada por breves notas vegetais e algum químico, num fundo dominado pelo couro e pela madeira velha, na boca a evolução é por demais evidente, embora ainda revele uns taninos finos e redondos e um paladar especiado e vegetal, com o couro em claro destaque, o final de boca termina de uma forma relativamente curta.
Classificação Pessoal: 15
1091 - Quinta do Crasto Reserva 1996 (Tinto)Quinta do Crasto Reserva 1996 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto
Álcool: 12%
Enólogo: David Baverstock
Nota de Prova: Cor acastanhada de média intensidade e nariz já demasiadamente evoluído, em clara face descendente e com poucas notas positivas, na boca já falta acidez e o paladar ainda denota alguma fruta em passa e breves notas de couro, mas é notório que o vinho já não está em condições.
Classificação Pessoal: 8
Quinta do Crasto Reserva 1997 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto
Álcool: 14.5%
Enólogo: David Baverstock
Nota de Prova: Cor granada no centro e auréola de tonalidade acastanhada e delicadamente avermelhada, o nariz revela uma surpreendente elegância, onde os aromas de fruta preta se misturam com delicadas notas de couro e uma forte componente especiada, além de um ligeiro toque balsâmico e até mineral, na boca é um vinho fino, delicado e muito elegante, com uma estrutura bem presente e um volume muito interessante, no paladar quer a fruta negra, quer a madeira, estão muito bem integradas com as especiarias e com um delicado toque vegetal, o final de boca termina de uma forma prolongada e agradavelmente persistente.
Classificação Pessoal: 17
580 - Quinta do Crasto Reserva 1997 (Tinto)
579 - Quinta do Crasto Reserva 1998 (Tinto)Quinta do Crasto Reserva 1998 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto
Álcool: 14%
Enólogo: David Baverstock
Nota de Prova: Apresenta uma cor granada de tonalidade bem acastanhada e um nariz completamente dominado pelos aromas de couro e delicadas notas de fruta vermelha bem madura, além de breves nuances de madeira velha, na boca é evidente a sua evolução avançada mas ainda merece destaque os taninos já muito polidos e uma delicada acidez, no paladar a fruta em passa e o couro formam um conjunto já sem grande fulgor e o final de boca termina com um comprimento e persistência muito curtos.
Classificação Pessoal: 14
Quinta do Crasto Reserva 1999 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto
Álcool: 14%
Enólogo: David Baverstock
Nota de Prova: Apresenta uma cor granada muito delicada, o nariz sugere aromas de couro e madeira usada, envolvidos por breves notas vegetais e um delicado toque fumado, além de subtis notas de tabaco, na boca é já notória a sua evolução, com a acidez a perder fulgor, o paladar ainda denota alguma fruta muito madura e breves nuances apimentadas e especiadas, terminando com um final de boca de comprimento muito mediano.
Classificação Pessoal: 15.5
500 - Quinta do Crasto Reserva 1999 (Tinto)

Etiquetas: