• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







Todos os Vinhos Provados no Blog Os Vinhos (4195)
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos (3480)

quinta-feira, 30 de abril de 2015

3573 - Vale da Mata Reserva 2010 (Tinto)



Região: Regional Lisboa
Castas: Touriga Nacional, Aragonez e Syrah
Produtor: Herdade do Rocim
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14%
Enólogo: António Ventura e Catarina Vieira
Notas de Prova: Apresenta uma cor concentrada, de forte tonalidade granada e avermelhada, o nariz revela frescura e elegância, através da excelente ligação entre os aromas de fruta vermelha madura e uma evidente componente floral, vegetal e também especiada, além de delicadas notas tostadas e de barrica, na boca é um vinho encorpado, volumoso e complexo, além de fino e harmonioso, conta com um paladar muito frutado e agradavelmente amparado pelas diversas especiarias e por um leve toque achocolatado, termina de uma forma prolongada e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Maio 2014

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17
• Data da Revista: Novembro 2016 / Dezembro 2016

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............18
• Data da Revista: Setembro 2014 / Outubro 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Agosto 2014

Rótulo: Vale da Mata era o nome de uma pequena vinha do avô paterno da Catarina Vieira, situada na encosta da Serra de Aire, nas Cortes. Foi ele que escolheu o nome para designar este vinho que assinala o "regresso" dos premiados vinhos desta terra peculiar, agora concebidos pela mão generosa, dedicada e já sabedora da neta, sob o olhar afectuoso, ainda que mais distante e vago, do avô Manuel. Este projecto é uma benção. Quase um sonho. Queremos que o vinho o seja também. O vinho Vale da Mata Reserva foi produzido a partir das melhores uvas das castas Touriga Nacional, Aragonez e Syrah, da vindima de 2010.

Etiquetas: , , , , , ,

quarta-feira, 29 de abril de 2015

3572 - Fiúza Chardonnay 2012 (Branco)



Região: Regional Tejo
Castas: Chardonnay e Arinto
Produtor: Fiúza & Bright - Sociedade Vinícola, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Peter Bright
Notas de Prova: Cor citrina, no nariz realce para a frescura das notas florais e da fruta madura, nomeadamente pêssego, muito bem apoiadas por um delicado toque vegetal, na boca é um vinho equilibrado e envolvente, com uma acidez interessante e um paladar mais citrino que frutado, o final de boca tem um comprimento médio e acima de tudo saboroso.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Junho 2014

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Maio 2014

Rótulo: Composição: Chardonnay e Arinto. Estágio: Fermentação parcial em barricas de carvalho. Características: Cor amarela-esverdeada. Aroma de ameixas verdes maduras, limas e flores de pessegueiro. Paladar fresco e mineral com final longo. Temperatura ideal para consumo: 11ºC-13ºC. Gastronomia: Topo o tipo de peixes, mariscos e carnes brancas. Os enólogos da Fiuza seleccionaram as melhores uvas desta casta para criar um vinho estruturado, intenso e persistente.

Etiquetas: , , , , , ,

Prova dos Vinhos Pontual no Restaurante Com Tradição (Jan/2015)


No passado dia 29/01/2015, realizei uma Prova dos Vinhos Pontual do produtor PLC, Companhia de Vinhos do Alandroal do Alentejo, juntamente com um grupo de amigos no restaurante Com Tradição, em Lisboa.
Esta prova foi efectuada com a degustação de 3 vinhos tintos.


Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor PLC, Companhia de Vinhos do Alandroal, Lda pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Pontual Colheita 2013 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas:
Alicante Bouschet, Syrah, Touriga Nacional e Petit Verdot
Produtor: PLC, Companhia de Vinhos do Alandroal, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: Paolo Fiúza Nigra
Nota de Prova: Apresenta uma cor avermelhada, de média concentração, o nariz é revelador de aromas de fruta vermelha misturados com um ligeiro toque floral e vegetal, na boca é um vinho equilibrado, com taninos redondos e um volume correcto, contando com um paladar interessante, onde a fruta aparece agradavelmente envolvida com delicadas notas especiadas, o final de boca termina com um comprimento médio.
Classificação Pessoal: 15.5
Pontual Touriga Nacional & Trincadeira 2013 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas:
Touriga Nacional e Trincadeira
Produtor: PLC, Companhia de Vinhos do Alandroal, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: Paolo Fiúza Nigra
Nota de Prova: Cor rubi concentrada e nariz rico em fruta vermelha e delicadas notas florais, num fundo ligeiramente especiado, na boca é um vinho equilibrado, com um volume médio, taninos aguerridos e uma estrutura agradável, revela um paladar algo seco e onde a sua componente frutada domina o conjunto, secundada por evidentes nuances vegetais, o final de boca termina com um comprimento mediano.
Classificação Pessoal: 15.5
Pontual Syrah 2013 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas:
Syrah
Produtor: PLC, Companhia de Vinhos do Alandroal, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: Paolo Fiúza Nigra
Nota de Prova: Cor rubi intensa no centro e delicada auréola violácea, o nariz sugere evidentes aromas de frutos silvestres e delicadas notas florais e apimentadas, num fundo mais especiado e até vegetal, na boca é um vinho equilibrado, com taninos muito redondos e uma acidez mediana, o paladar está marcado pela fruta negra e por evidentes sugestões de pimenta e tosta, terminando com um final de boca de comprimento e persistência de expressão média.
Classificação Pessoal: 15.5

Etiquetas:

terça-feira, 28 de abril de 2015

3571 - Casa Santos Lima Chardonnay 2012 (Branco)



Região: Regional Lisboa
Castas: Chardonnay
Produtor: Casa Santos Lima - Companhia das Vinhas S.A.
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: José Neiva
Notas de Prova: Cor amarela e nariz delicadamente floral e vegetal, com breves nuances limonadas, na boca é um vinho simples, fresco e com um volume mediano, revela um paladar algo frutado e cítrico e termina com um final de boca de comprimento e persistência pouco expressivas.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Maio 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15
• Data da Revista: Outubro 2013

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .15.5
• Data da Revista: Novembro 2012 / Dezembro 2012

Rótulo: Produzido exclusivamente a partir de uma vinha da casta Chardonnay, situada numa encosta soalheira de solo muito calcário, com frequentes vestígios de fósseis marinhos, este vinho, de maceração pelicular e bica aberta, feito apenas com "mosto de lágrima", foi parcialmente fermentado em carvalho.

Etiquetas: , , , , ,

3570 - Quinta do Perdigão Encruzado 2013 (Branco)



Região: DOC Dão
Castas: Encruzado
Produtor: José Joaquim da Silva Perdigão
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13.5%
Enólogo: José Perdigão e Vines & Wines
Notas de Prova: Cor amarela de tonalidade pálida, o nariz revela muita juventude e um aroma perfumado pela de fruta madura e delicadas notas florais, num fundo mais mineral e citrino, na boca é um vinho equilibrado, com uma agradável estrutura e uma acidez bem vincada, o paladar conta com uma excelente dose de fruta madura e uma forte componente mineral, terminando com um final de boca prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Agosto 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Setembro 2014

Rótulo: Vinho branco de uvas Encruzado produzidas em apenas 1 hectare. Cor amarelo dourado com reflexos de limão, perfume de flor de sabugueiro e frésias, pêra, toranja, lima, pêssego, amêndoa, lixia, maracujá e anisados. Na boca é pleno e fresco, vibrante e complexo, mineral, transparente e luminoso. "Belíssimo... Impressionante!" Servir a 10ºC, como aperitivo, acompanhando frutos do mar, sushi e sashimi, salada, caril, risoto, pratos de peixe e carne, queijo, tarte de fruta, doce conventual e leite-creme. Enologia: José Perdigão e Vines & Wines. Bottle nº 2146 of 6000.

Etiquetas: , , , , ,

segunda-feira, 27 de abril de 2015

3569 - Quinta do Perdigão Reserva 2006 (Tinto)



Região: DOC Dão
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Jaen e Alfrocheiro
Produtor: José Joaquim da Silva Perdigão
Preço: Entre 20€ e 25€
Álcool: 14%
Enólogo: José Perdigão e Vines & Wines
Notas de Prova: Apresenta uma cor granada de tonalidade rubi, o nariz revela evidentes aromas vegetais e de fruta vermelha muito madura aliados a breves notas de especiarias e algum cacau, na boca é um vinho vigoroso, com taninos bem presentes e um paladar rico em notas compotadas e especiadas, além de ser perceptível a barrica, o final de boca é prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Novembro 2014

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .17
• Data da Revista: Abril 2016 / Julho 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Fevereiro 2013

Classificação Revista Escanção: ........................90*
• Data da Prova: Julho 2014 / Agosto 2014
* Classificação de 0-100


Rótulo: Vinho tinto de uvas das castas Touriga-Nacional 50%, Tinta-Roriz 20%, Jaen 20%, Alfrocheiro 10%. Cor grená profundo com reflexos púrpura, aroma de amora, framboesa, groselha, ginja e ameixa seca, casando-se com mentolados, canfora, ervas de provence, chá earl grey, cacau e noz. É intenso e muito fresco, com taninos finos estruturantes. É persisitente. Revela grande potencial de guarda - é memorável! Decantar e servir a 16ºC, com pratos de peixe, carnes vermelhas, queijos e sobremesas. Produção familiar em apenas 7 hectares de vinha amiga do ambiente. Enologia: José Perdigão e Vines & Wines. Bottle nº 2836 of 7.000.

Etiquetas: , , , , , , ,

domingo, 26 de abril de 2015

3568 - Pedro & Inês 2009 (Branco)



Região: DOC Dão
Castas: Encruzado e Bical
Produtor: Dão Sul - Sociedade Vitinícola, SA
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Carlos Lucas e Carlos Moura
Notas de Prova: Cor amarelo citrino algo pálido e nariz muito fino e elegante, com os aromas de baunilha e tosta muito bem envolvidos pela fruta tropical madura e por sugestivas e intensas sugestões minerais, na boca é um vinho cremoso, untuoso e cheio de garra, revela uma estrutura e um volume muito atractivos, além de contar com um paladar acima de tudo mineral, com delicadas nuances cítricas e vegetais, agradavelmente amparadas por alguma barrica, o final de boca é prolonagdo e muito persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Maio 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Setembro 2011

Rótulo: Com a personalidade bem vincada, mas de excepcional nobreza da casta Encruzado e com o aroma perfumado e perfil elegante da casta Bical, produzimos este vinho onde se conjugam na perfeição a personalidade de duas grandes castas portuguesas. Foi com este par ideal que fizémos o vinho "Pedro & Inês", cuja harmonia, elegância e notável complexidade constituem a nossa homenagem ao amor mais belo, mas também mais trágico, da nossa História, que foi vivido em Coimbra na Quinta das Lágrimas. A nossa homenagem a um amor puro que irá durar até ao fim do mundo.

Etiquetas: , , , , ,

Bloggers juntam-se para uma Prova Cega de Vinhos da colheita de 2004 (Nov/2014)


No passado dia 14/11/2014 no Prazer dos Cheirinhos em Mem Martins, teve lugar uma Prova de Vinhos e um Jantar onde se juntaram alguns Bloggers de Vinho e não só...

Durante o jantar e respectiva Prova de Vinhos (que foi cega) estiveram presentes os Bloggers :
- Pedro Rafael Barata (Blog Os Vinhos)
- Rui Lourenço Pereira (Blog Art meets Bacchus)
- Carlos Janeiro (organizador) (Blog Comer, Beber e Lazer)
- João Pedro Carvalho (Blog Copo de 3)
- Francisco Damião de Brito (Blog Vinho do Porto Vintage)
Ana Sofia Luis e Rui Barradas (Blog Reserva Recomendada) e Arnaud Stevenot e Victor Janeiro (organizador) (Prazer dos Cheirinhos).

O Evento realizou-se com a apresentação e degustação dos vários vinhos que cada um teve a oportunidade de trazer consigo.



Vinhos degustados durante a Prova:

Quinta da Leda 2004Quinta da Leda 2004 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz
Produtor: Sogrape Vinhos de Portugal, SA
Álcool: 13.5%
Enólogo: Luis Sottomayor
Nota de Prova: Apresenta uma cor intensa e de tonalidade granada, o nariz revela ricos aromas de fruta vermelha e leves toques apimentados, num fundo mais especiado e tostado, na boca é um vinho estruturado, com uma certa evolução e um paladar dominado pela fruta preta e alguma madeira, além de um leve toque especiado, o final de boca termina com um comprimento mediano.
Classificação Pessoal: 16.5
Quinta das Bágeiras Garrafeira 2004 (Tinto)

Região: DOC Bairrada
Castas: Baga e Touriga Nacional
Produtor: Mário Sérgio Alves Nuno
Álcool: 14%
Enólogo: Mário Sérgio Alves Nuno
Nota de Prova: Cor granada de média intensidade e nariz algo avinagrado, sugerindo vários defeitos num vinho com um aroma pouco frutado e já muito evoluído, na boca apresenta uma acidez muito contida e a fruta revela pouca presença, os taninos apresentam-se com alguma firmeza e a madeira ainda assim denota uma relativa presença, terminando de uma forma timidamente prolongada.
Classificação Pessoal: 11
Marquês de Borba Reserva 2004 (Tinto)Marquês de Borba Reserva 2004 (Tinto)

Região: DOC Alentejo
Castas: Trincadeira, Aragonês, Alicante Bouschet e Cabernet Sauvignon
Produtor: João Portugal Ramos - Vinhos, SA
Álcool: 14%
Enólogo: João Portugal Ramos
Nota de Prova: Cor rubi de forte intensidade no centro e uma fina auréola de tonalidade granada, o nariz sugere fortes aromas de fruta negra, além de elegantes e complexas notas de pimenta preta e alguma barrica, formando um conjunto sedutor e muito atractivo, no paladar encotrnamos um vinho com volume e muito encorpado, com taninos finos euma estrutura muito agrdável, conta com um paladar muito especiado e onde a fruta preta está muito bem integrada com a barrica e subtis notas vegetais e até terrosas, terminando de uma forma prolongada e muito persistente.
Classificação Pessoal: 17.5
Herdade da Sobreira 2004 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Syrah, Trincadeira e Alicante Bouschet
Produtor: Herdade da Sobreira
Álcool: 14%
Enólogo: Luis Louro
Nota de Prova: Cor granada de intensa média e nariz muito especiado e apimentado, com um leve toque vegetal, além de apresentar evidentes notas de couro e alguma tosta, na boca é um vinho com estrutura, onde já é perceptível alguma evolução mas os taninos denotam firmeza, o paladar é claramente dominado pelas notas especiadas e por algum couro, com a fruta negra a ficar num papel secundário, o final de boca termina com uma persistência de expressão mediana e um comprimento relativamente prolongado.
Classificação Pessoal: 16
JP Private Selection 2004 (Tinto)

Região: DOC Península de Setúbal
Castas: Castelão
Produtor: JP Vinhos, SA
Álcool: 13.5%
Enólogo: Filipa Tomaz da Costa e Vasco Penha Garcia
Nota de Prova: Cor acastanhada de concentração mediana e nariz rico em aromas fumados e madeira velha, onde o couro marca uma forte presença e fruta madura aparece de uma forma muito subtil, na boca é um vinho correcto, ligeiramente evoluído e onde o couro e a fruta casam de uma forma satisfatória, o final de boca termina com um comprimento médio.
Classificação Pessoal: 15
Quinta da Falorca Garrafeira Old Vines 2004 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Touriga Nacional, Tinta Roriz e Rufete
Produtor: Quinta Vale das Escadinhas - Sociedade Agrícola de Silgueiros, S.A.
Álcool: 14.5%
Enólogo: Vines & Wines
Nota de Prova: Cor opaca e nariz rico em fruta vermelha madura, notas florais e um leve mas complexo toque especiado, num fundo mais mineral e ligeiramente tostado, na boca é um vinho profundo, muito encorpado, com taninos sólidos e um paladar rico em fruta negra, muito bem acompanhada por leves sugestões de chocolate e um subtil apontamento de couro, termina com um comprimento longo e uma persistência notável.
Classificação Pessoal: 18
1078 - Herdade do Meio Garrafeira 2004 (Tinto)Herdade do Meio Garrafeira 2004 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Trincadeira, Aragonez, Alicante Bouschet e Castelão
Produtor: Herdade do Meio - Casa Agrícola João & António Pombo, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: António Saramago
Nota de Prova: Cor granada intensa e nariz rico em notas de couro e fruta negra, envolvidas por muita pimenta e evidentes sugestões de madeira velha, num fundo agradavelmente preenchido por delicadas notas de café e chocolate, na boca é um vinho encorpado, com taninos poderosos e uma boca densa, evidenciando-se muito elegante e harmonioso, conta com um paladar cheio de fruta preta e algum vegetal seco, bem como sugestivas notas de especiarias, terminando com um final de boca longo.
Classificação Pessoal: 17
Redoma 2004 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Amarela, Tinta Francisca e Sousão
Produtor: Niepoort Vinhos, S.A.
Álcool: 14%
Enólogo: Dirk Niepoort
Nota de Prova: Cor rubi profunda e concentrada e nariz cheio de fruta vermelha madura, notas de especiarias e alguma tosta, num fundo ligeiramente mineral e vegetal, na boca é um vinho elegante, complexo e muito encorpado, com taninos polidos e um paladar muito harmonioso, onde a fruta madura está muito bem integrada com a barrica e um leve toque terroso e de couro, terminando longo e muito persistente.
Classificação Pessoal: 17.5
Sierra Cantabria Gran Reserva 2004 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Tempranillo, Graciano e Vinhas Velhas
Produtor: Familia Eguren - Viñedos Sierra Cantabria, S.L.
Álcool: 14%
Enólogo: Marcos Eguren
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi de tonalidade granada e nariz medianamente preenchido por aromas de fruta vermelha e delicadas notas vegetais, num fundo ligeiramente marcado pela madeira, na boca revela uma certa secura e uma acidez relevante, no paladar tem alguma fruta, além de couro e especiarias, termina com um final de boca de expressão média.
Classificação Pessoal: 16



Durante o jantar, foram ainda degustados os seguintes vinhos:

Markus Molitor Zeltinger Sonnenuhr Spätlese Riesling 2009 (Branco)

Região: Alemanha
Castas: Riesling
Produtor: Weingut Markus Molitor
Álcool: 12%
Enólogo: Markus Molitor
Nota de Prova: Cor amarela brilhante e nariz bem preenchido por aromas ligeiramente apetrolados e de frutos secos, num fundo minieral e delicadamente citrino, na boca é um vinho agradavelmente seco e muito fresco, conta com um paladar mais citrino que frutado, além de evidenciar sugestivas notas minerais, o final de boca é relativamente prolongado.
Classificação Pessoal: 16.5
Frei João 2003 (Branco)

Região: DOC Bairrada
Castas: Maria Gomes, Bical e Cerceal
Produtor: Caves São João - Sociedade dos Vinhos Irmãos Unidos, Lda
Álcool: 12.5%
Enólogo: José Carvalheira
Nota de Prova: Cor amarela intensa com reflexos dourados marcantes e um nariz agradavelmente preenchido por aromas melados e alguns frutos secos, bem como um leve toque vegetal e citrinos bem mduros, na boca é um vinho com alguma estrutura e uma acidez muito interessante face à sua idade, comta com um paladar seco, que faz lembrar frutos secos e diversas sugestões de citrinos bem maduros, terminando com um final de boca de comprimento mediano mas muito agradável.
Classificação Pessoal: 16
Monte Baixo Reserva Alentejo 2013 (Branco)

Região: Regional Alentejo
Castas: Arinto, Rabo de Ovelha e Viognier
Produtor: LogoWines, Lda
Álcool: 12.5%
Enólogo: Luís Duarte e Nuno Franco
Nota de Prova: Cor amarela brilhante e nariz rico em aromas de baunilha e notas de fruta madura, bem como um certo melado e até especiado, na boca é um vinho de estrutura média e uma acidez correcta, com um paladar dominado pela fruta bem madura e por um ligeiro tostado sempre presente, o final de boca termina com um comprimento de expressão média.
Classificação Pessoal: 15
Monte Baixo Reserva Douro 2013 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas: Viosinho, Rabigato, Fernão Pires e Arinto
Produtor: Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro, S.A
Álcool: 13.5%
Enólogo: Jorge Moreira
Nota de Prova: Cor amarela algo pálido e nariz perfumado por evidentes aromas florais e citrinos, bem como delicadas notas vegetais, na boca é um vinho delicado, fresco, com uma agradável acidez e uma secura bem resente, no paladar destaca-se a forte mineralidade aliada a sugestivas notas limonadas e delicadamente frutadas, termina com um final de boca de comprimento médio e persistência agradável.
Classificação Pessoal: 15.5
Ramos Pinto Adriano Reserva White (Porto)

Região: Douro
Castas: Cédega, Malvasia Fina, Viosinho e Rabigato
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 19.5%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: Cor âmbar e nariz marcado pelas notas de caramelo e alguns frutos secos, bem como delicadas notas balsâmicas e de especiarias, na boca revela uma acidez agradável e uma complexidade muito sugestiva, conta com um paladar frutado e ligeiramente caramelizado, terminando de uma forma relativamente prolongada e persistente.
Classificação Pessoal: 16
Ramos Pinto Vintage 2004 (Porto)

Região: Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz
Produtor: Ramos Pinto
Álcool: 20%
Enólogo: João Nicolau de Almeida
Nota de Prova: Cor rubi muito concentrada no centro e com um rebordo de tonalidade avermelhada, o nariz apresenta-se bem preenchido por aromas de frutos pretos e silvestres, bem como delicadas notas vegetais e finas notas florais, na boca revela elegância e fineza, revelando-se muito redondo e com um paladar cheio de fruta negra e subtis notas especiadas e de madeira, o final de boca é prolongado e persistente.
Classificação Pessoal: 17

Etiquetas:

sábado, 25 de abril de 2015

3567 - Quinta do Perdigão 2013 (Rosé)



Região: DOC Dão
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Jaen e Alfrocheiro
Produtor: José Joaquim da Silva Perdigão
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13%
Enólogo: José Perdigão e Vines & Wines
Notas de Prova: Cor vermelha intensa e nariz cheio de fruta vermelha fresca e notas florais, aliadas a subtis nuances vegetais e até minerais, na boca é um vinho relativamente seco mas bem agradável, com uma acidez contagiante e um paladar rico em fruta vermelha, onde os morangos e a groselha se destacam, o final de boca é muito fresco e de comprimento médio/alto.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Julho 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Setembro 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Agosto 2014

Classificação Revista Escanção: ........................85*
• Data da Prova: Maio 2014 / Junho 2014
* Classificação de 0-100


Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Abril 2014

Rótulo: Vinho rosé de uvas de alta qualidade, em modo de produção biológico prensadas suavemente e fermentadas naturalmente a frio. Touriga-Nacional 50%, Tinta-Roriz 20%, Jaen 20%, Alfrocheiro 10%. É um sinfonia de cassis, groselha, ameixa preta, morango, pêra, alperce, toranja, rosas, lima, mel e anisados. Na boca é fresco e pleno, elegante, alegre e intenso. "Curioso este Perdigão, o amor ainda existe!". Servir a 10º C, como aperitivo, acompanhando frutos do mar, sushi e sashimi, carne grelhada e sobremesas de frutos silvestres. Agricultura familiar em apenas 7 hectares de vinha. Enologia: José Perdigão e Vines & Wines. Bottle nº 4237 of 6.000.

Etiquetas: , , , , , , ,

sexta-feira, 24 de abril de 2015

3566 - Quinta do Perdigão Touriga Nacional 2008 (Tinto)



Região: DOC Dão
Castas: Touriga Nacional
Produtor: José Joaquim da Silva Perdigão
Preço: Entre 20€ e 25€
Álcool: 14.5%
Enólogo: José Perdigão e Vines & Wines
Notas de Prova: Cor rubi profunda e concentrada, no nariz sobressai a fruta negra e delicadas notas florais, num fundo mais vegetal e especiado onde a barrica e delicadas notas minerais, café e até algum chocolate conferem uma agradável complexidade, na boca é um vinho encorpado, volumoso e elegante, com um paladar muito vegetal e frutado, além de mineral e rico em especiarias e tosta, termina com um final de boca prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Setembro 2014

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17.5
• Data da Revista: Maio 2014 / Junho 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Maio 2014

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17.5
• Data da Revista: Janeiro 2013 / Fevereiro 2013

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .17.5
• Data da Revista: Julho 2012 / Agosto 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Janeiro 2012

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .17.5
• Data da Revista: Novembro 2011 / Dezembro 2011

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Outubro 2011

Rótulo: O vinho e a vinha são uma arte! A par da pintura, da música, da poesia, da arquitectura... Onde pretendemos encontrar o equiílibrio! Vinho tinto da casta Touriga-Nacional. Cor ruby, perfume complexo de violeta, chá, bergamota, maracujá, groselha e mirtilo, com sopros frescos do bosque, notas balsâmicas, aroma de café, tabaco e chocolate. O sabor é elegante e pleno de frescura, com taninos sedosos, bouquet grande e esplendoroso. É memorável! Servir à temperatura de 16º, em solitário, com pratos elegantes de caça, assados, sobremesas, café e chocolate. Produção familiar em apenas 7 hectares de vinha amiga do ambiente. Enologia: José Perdigão e Vines & Wines. Bottle nº 3234 of 5.350.

Etiquetas: , , , , ,

quinta-feira, 23 de abril de 2015

3565 - Telhas 2012 (Branco)



Região: Regional Alentejo
Castas: Viognier
Produtor: Terras de Alter, Companhia dos Vinhos, Lda
Preço: Entre 20€ e 25€
Álcool: 14%
Enólogo: Peter Bright
Notas de Prova: Cor amarela brilhante e nariz bem preenchido pelos aromas florais, vegetais e de fruta amarela integrados com uma agradável tosta e barrica, na boca é um vinho cremoso e gordo, com uma agradável estrutura e um paladar rico em fruta madura aliada a subtis notas de madeira, o final de boca é relativamente prolongado.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Junho 2014

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............16
• Data da Revista: Maio 2014 / Junho 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Maio 2014

Rótulo: Produzido a partir da casta Viognier que frutifica no sector mais elevado dos afloramentos graníticos que semeiam a nossa Vinha das Antas, na qual se podem encontrar os restos das telhas de uma antiga Vila Romana. Enólogo: Peter Bright.

Etiquetas: , , , , ,

quarta-feira, 22 de abril de 2015

3564 - Cova da Ursa Chardonnay 2013 (Branco)



Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Chardonnay
Produtor: Bacalhôa Vinhos de Portugal, S.A.
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Filipa Tomaz da Costa e Vasco Penha Garcia
Notas de Prova: Apresenta uma bonita e brilhante cor amarela e um nariz rico em notas de fruta tropical acompanhadas por delicados aromas vegetais e também alguma tosta e baunilha, na boca é um vinho cremoso, volumoso e com uma acidez vibrante, no paladar destaca-se o seu forte carácter frutado aliado a evidentes sugestões de barrica e subtis especiarias, termina com um final de boca relativamente longo e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Maio 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Junho 2014

Rótulo: Produzido com uvas da casta Chardonnay da nossa vinha "Cova da Ursa", situada nas encostas da Serra da Arrábida. O seu solo pedregoso argilo-calcário e o meso-clima da zona da Arrábida, permitem que as uvas desta casta amadureçam lentamente atingindo uma elevada qualidade. Da cuidadosa tecnologia de vinificação realçamos a fermentação e maturação integral em barricas novas de carvalho francês. O vinho apresenta uma cor dourada com reflexos esverdeados, um sabor rico em notas aromáticas e gustativas da casta Chardonnay, combinadas com nuances tostadas e abaunilhadas, provenientes do estágio em madeira.

Etiquetas: , , , , ,

Prova do Moscatel Domingos Soares Franco Colecção Privada Moscatel de Setúbal 2004 (Dez/2014)


No passado dia 27/12/2014, realizei uma Prova do Moscatel Domingos Soares Franco Colecção Privada Moscatel de Setúbal 2004 do produtor José Maria da Fonseca Vinhos, S.A. da região de Península de Setúbal.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao produtor José Maria da Fonseca Vinhos, S.A. pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Domingos Soares Franco Colecção Privada Moscatel de Setúbal 2004 (Moscatel)

Região: DOC Península de Setúbal
Castas:
Moscatel
Produtor: José Maria da Fonseca Vinhos, S.A.
Álcool: 17%
Enólogo: Domingos Soares Franco
Nota de Prova: Cor âmbar brilhante e nariz muito elegante, onde os aromas de laranja combinam na perfeição com sugestivas notas de frutos secos e mel bem como subtis nuances florais, na boca é um vinho suave e muito elegante, além de revelar um volume imenso e uma frescura notável, apresenta um paladar muito frutado e rico em notas de laranja, além de breves nuances de nozes e até caramelo, terminando com um final de boca prolongado e de grande persistência.
Classificação Pessoal: 17

Etiquetas:

terça-feira, 21 de abril de 2015

3563 - Fafide Reserva 2012 (Branco)



Região: DOC Douro
Castas: Códega de Larinho, Rabigato e Viosinho
Produtor: Rui Roboredo Madeira Vinhos S.A.
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Rui Roboredo Madeira
Notas de Prova: Cor amarelo pálido e nariz rico em notas de baunilha e tosta, agradavelmente secudandas por aromas de fruta madura e por um leve toque mineral, na boca é um vinho guloso, com uma acidez interessante e um paladar com algum volume, onde a fruta madura e delicadas notas tostadas e minerais aparecem bem integradas com um leve toque cítrico, o final de boca tem um comprimento mediano e uma persistência acima da média.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Julho 2014

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Abril 2014

Rótulo: Códega de Larinho (40%), Rabigato (30%), Viosinho (30%). Este vinho reflecte a nossa paixão pelo Douro Superior. As uvas foram vinificadas na Adega de São João da Pesqueira em madeira de carvalho Americano e Francês com agitação das borras - "battoage" -. Aroma: Marcadamente mineral, frutos exóticos e citrinos em equilíbrio com discretas notas de madeira. Paladar: Encorpado, fresco e amanteigado com final longo. Sugestão: Peixe assado, bacalhau, carnes brancas e queijos de pasta mole. Winemaker: Rui Roboredo Madeira. No coração do Alto Douro Vinhateiro, em São João da Pesqueira seleccionámos as uvas nas vinhas viradas a Sul/Poente, a uma altitude média de 500 metros.

Etiquetas: , , , , , ,

segunda-feira, 20 de abril de 2015

3562 - Quatro Caminhos Reserva 2011 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Syrah, Alicante Bouschet e Touriga Nacional
Produtor: Casa Agrícola Herdade do Monte da Ribeira, S.A.
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Luís Duarte e Nuno Elias
Notas de Prova: Apresenta uma cor intensa, de tonalidade granada e ligeiramente avermelhada, o nariz revela-se sedutor, com atractivos aromas de fruta preta envolvidos com diversas especiarias e delicadas notas florais, balsâmicas e até minerais, num fundo mais especiado e onde a barrica confere complexidade e elegância, na boca é um vinho encorpado e volumoso, com taninos firmes e uma textura sedosa, conta com um paladar rico em fruta madura e notas especiadas, bem como um delicado toque achocolatado e ligeiramente apimentado, o final de boca é prolongado e bem persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Maio 2014

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .17
• Data da Revista: Dezembro 2013 / Setembro 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Dezembro 2013

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Novembro 2013

Rótulo: Abrir a garrafa. Abrir os braços. O copo largo convida-me a mergulhar. Preparo-me para desvendar, um a um, os frutos vermelhos e maduros que se revelam num perfume complexo. Provocado, avanço para a suavidade das especiarias e não paro enquanto não descubro cacau e cedro. Depois encosto a cabeça numa manta quente e macia e fecho os olhos. Que sentido escolher a seguir? Quatro Caminhos Reserva. Só te pede que o explores. Herdade do Monte da Ribeira. Vinha 43ha. Solos franco-argilosos. Syrah - Alicante Bouschet - Touriga Nacional.

Etiquetas: , , , , , ,

3561 - Quinta Casa Amarela Reserva 2011 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Franca, Touriga Nacional e Tinta Roriz
Produtor: Quinta da Casa Amarela
Preço: Entre 20€ e 25€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Jean-Hugues Gros
Notas de Prova: Cor rubi intensa no centro e uma fina auréola de tonalidade violeta/avermelhada, o nariz revela aromas florais misturados com frutos pretos e silvestres, bem como breves notas especiadas e de barrica, na boca é um vinho encorpado, elegante e harmonioso, com taninos finos e uma estrutura bem agradável, revela um paladar muito frutado e rico em notas de pimenta preta entre diversas especiarias, o final de de boca termina com um comprimento longo e uma persistência muito interessante.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Junho 2016

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .17.5
• Data da Revista: Dezembro 2013 / Setembro 2014

Rótulo: Castas: Touriga Franca - Touriga Nacional - Tinta Roriz. Tipo de Barricas: Carvalho Francês Novo. Temperatura de Serviço: 16º - 18º. Enólogo: Jean-Hugues Gros.

Etiquetas: , , , , , ,

domingo, 19 de abril de 2015

3560 - Quinta do Mondego 2011 (Branco)



Região: DOC Dão
Castas: Encruzado e Verdelho
Produtor: Fontes da Cunha - C.E.G S.A.
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Francisco Olazabal e Joana Cunha
Notas de Prova: Cor amarela pálida e nariz muito fresco, onde os aromas minerais, cítricos e de fruta tropical madura se misturam e envolvem de uma forma muito agradável, na boca é um vinho com uma bela acidez e um volume bem interessante, revela sugestivas notas minerais, num paladar dominado pela fruta madura, o final de boca tem um comprimento médio/longo e uma persistência mediana.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Maio 2014

Rótulo: Desde os tempos do Império Romano, o Rio Mondego é, devido à sua beleza e riqueza, mencionado por viajantes e historiados, tendo sido mesmo fonte de inspiração para muitos escritores e poetas. Nas suas margens situa-se a Quinta do Mondego, onde são colhidas as uvas de Encruzado e Verdelho, que resultam neste vinho branco fresco e elegante.

Etiquetas: , , , , ,

Prova do Vinho tinto José de Sousa Mayor 2011 (Dez/2014)


No passado dia 25/12/2014, realizei uma Prova do vinho tinto José de Sousa Mayor 2011 do produtor José Maria da Fonseca Vinhos, S.A. da região do Alentejo.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao produtor José Maria da Fonseca Vinhos, S.A. pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

José de Sousa Mayor 2011 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas:
Grand Noir, Trincadeira e Aragonez
Produtor: José Maria da Fonseca Vinhos, S.A.
Álcool: 14.5%
Enólogo: Domingos Soares Franco
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa e um nariz elegante, onde os aromas de fruta madura se misturam com as notas florais e apimentadas, além de breves sensações especiadas e também alguma tosta, na boca é um vinho volumoso e encorpado, com taninos presentes mas ao mesmo tempo a revelarem fineza, no paladar destaca-se a fruta negra madura e as notas de pimenta preta, entre outras especiarias, além de breves nuances vegetais, termina com um final de boca longo.
Classificação Pessoal: 17

Etiquetas:

sábado, 18 de abril de 2015

3559 - D'Eça Reserva 2011 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas, Touriga Nacional, Tinta Roriz e Tinto Cão
Produtor: João Carlos Moura Coutinho Almeida D'Eça de Sousa
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Daniel Fraga Gomes
Notas de Prova: Cor rubi intensa e muito concentrada no cento, no nariz o destaque vai para as frescas notas florais envolvidas pela fruta vermelha madura, algumas especiarias e um delicado toque fumado e de madeira, na boca é um vinho equilibrado, com taninos polidos e um volume médio/alto, conta com um paladar acim de tudo frutado, além de ligeiramente apimentado e especiado, o final de boca tem um comprimento prolongado.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Maio 2014

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .17
• Data da Revista: Dezembro 2015 / Março 2016

Rótulo: A partir de uvas selecionadas da vinha velha de Touriga Nacional, Tinta Roriz e Tinto Cão, cultivadas de forma rigorosa e sustentável, produzimos este Reserva de 2011. Com estágio de 9 meses em barricas de carvalho francês e americano criteriosamente escolhidas, este é um vinho muito equilibrado e elegante. Garrafas produzidas: 3.700. Enólogo: Daniel Fraga Gomes

Etiquetas: , , , , , , ,

sexta-feira, 17 de abril de 2015

3558 - Casa da Carvalha Reserva 2009 (Tinto)



Região: DOC Dão
Castas: Touriga Nacional e Alfrocheiro
Produtor: Tomaz Andrade Rocha
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Rui Reguinga
Notas de Prova: Cor vermelha de tonalidade granada e nariz rico em notas florais e de frutos do bosque misturados com delicadas notas vegetais, um certo fumado e algumas especiarias, na boca é um vinho equilibrado, com taninos bem presentes e uma complexidade interessante, revela um paladar frutado e especiado, além de suavemente marcado pela madeira, terminando com um comprimento médio/longo.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Maio 2014

Rótulo: Castas: Touriga-Nacional, Alfrocheiro. Vinificação: Vindima manual. Desengace total. Fermentação em lagares com temperatura controlada a 24/26ºC. Envelhecimento: Estágio de 14 meses em barricas de carvalho Francês. Estágio posterior de 6 meses e garrafa. Prova Organoléptica: Aroma complexo, intenso. Paladar encorpado, taninos suaves, acidez equilibrada. Final muito longo e elegante. Enólogo: Rui Reguinga.

Etiquetas: , , , , ,

quinta-feira, 16 de abril de 2015

3557 - Poliphonia Signature 2007 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Petit Verdot e Aragonez
Produtor: Granacer, S.A.
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 14%
Enólogo: Pedro Baptista
Notas de Prova: Cor granada intensa no centro e auréola delicadamente acastanhada, no nariz destacam-se as notas fumadas e de couro, misturadas com a fruta preta, um certo mentolado e também delicados aromas balsâmicos e compotados, na boca é um vinho ligeiramente evoluído, com um volume agradável e uma estrutura bem presente, os taninos estão bem redondos e o paladar apresenta fruta preta madura e diversas notas especiadas e de barrica, termina com um final de boca de comprimento médio/alto.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Junho 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Novembro 2010

Rótulo: Em anos de excelência encontramos nas nossas vinhas, talhões especiais de onde recolhemos as uvas das castas Petit Verdot e Aragonez que após a fermentação em lagares de mármore alentejano se transformam neste vinho único. A fermentação maloláctica foi efectuada em barricas novas de carvalho francês (Allier) de grão fino e tosta média. O resultadoé um vinho marcante, estruturado e complexo e com potencial de estágio em garrafa. Enólogo: Pedro Baptista.

Etiquetas: , , , , ,

quarta-feira, 15 de abril de 2015

3556 - Quinta da Carolina Reserva 2009 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Towine, Lda
Preço: Entre 20€ e 25€
Álcool: 14%
Enólogo: Jean-Hugues Gros
Notas de Prova: Cor rubi intensa e concentrada, o nariz revela frescas e elegantes aromas de fruta vermelha e negra misturada com sugestivas notas vegetais e algumas especiarias, num fundo mais tostado e onde a barrica surge dominante, na boca é um vinho equilibrado, apelativo e com taninos redondos, conta com um paladar muito frutado e especiado, com breves nuances florais a conferirem uma certa frescura ao conjunto, o final de boca é prolongado.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Maio 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Setembro 2012

Rótulo: Propriedade familiar situada na margem esquerda do rio Douro no Cima Corgo, exclusivamente com vinhas velhas letra "A". Apanha e selecção de uvas à mão, pisa tradicional em lagar e estágio em barricas de carvalho francês. A exposição a norte proporciona condições ideais de maturação, conferindo a este vinho complexidade, frescura e elegância. Enólogo: Jean-Hugues Gros.

Etiquetas: , , , ,

Prova do Vinho tinto 5 Outeiros Syrah 2013 (Dez/2014)


No passado dia 17/12/2014, realizei uma Prova do vinho tinto 5 Outeiros Syrah 2013 do produtor Manuel Rosa Cândido, Lda da região do Tejo.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Manuel Rosa Cândido, Lda pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

5 Outeiros Syrah 2013 (Tinto)

Região: Mesa Tejo
Castas:
Syrah
Produtor: Manuel Rosa Cândido, Lda
Álcool: 15%
Enólogo: José Cândido
Nota de Prova: Apresenta uma cor intensa, de forte tonalidade violácea, o nariz revela delicados aromas florais e de fruta vermelha aliados a um evidente toque vegetal, na boca é um vinho correcto, com um paladar frutado e taninos muito redondos, o final de boca tem um comprimento curto.
Classificação Pessoal: 14.5

Etiquetas:

terça-feira, 14 de abril de 2015

3555 - Quatro Caminhos 2012 (Branco)



Região: Regional Alentejo
Castas: Arinto e Antão Vaz
Produtor: Casa Agrícola Herdade do Monte da Ribeira, S.A.
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Luís Duarte e Nuno Elias
Notas de Prova: Cor amarela de média intensidade e nariz agradavelmente preenchido por aromas de tosta e baunilha, em conjunto com delicadas notas florais e de fruta tropical madura, na boca é um vinho menos exuberante, com uma estrutura média e um paladar frutado e ligeiramente mineral, terminando com um final de boca mediano, quer em termos de comprimento, quer em termos de persistência.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Maio 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Dezembro 2013

Rótulo: Abrir a garrafa. Abrir os braços. O copo largo convida-me a mergulhar. Preparo-me para encontrar, um após um, os frutos citrinos que se revelam em perfume. Provocado, descubro uma frescura surpreendente e não paro enquanto não encontro frutos tropicais e um travo mineral. Depois encosto a cabeça numa toalha de linho e fecho os olhos. Que sentido escolher a seguir? Quatro Caminhos Branco. Só te pede que o explores. Herdade do Monte da Ribeira. Vinha 43ha. Solos franco-argilosos. Arinto - Antão Vaz.

Etiquetas: , , , , ,

segunda-feira, 13 de abril de 2015

3554 - Quinta do Noval 2009 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinto Cão e Touriga Franca
Produtor: Quinta do Noval - Vinhos, S.A.
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 14.5%
Enólogo: António Agrellos
Notas de Prova: Apresenta uma cor densa no centro e uma auréola de tonalidade violeta, o nariz sugere aromas de frutos silvestres acompanhados por um ligeiro toque floral e diversas especiarias, num fundo mais especiado e tostado, bem como ligeiramente achocolatado, formando um conjunto muito elegante e harmonioso, na boca é um vinho encorpado, envolvente e volumoso, com taninos sólidos e um paladar cheio de fruta preta e notas de barrica, bem como um delicado toque vegetal que confere uma agradável frescura ao conjunto, termina com um final de boca prolongado e muito persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17.5
• Data da Prova: Abril 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Outubro 2014

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17.5
• Data da Revista: Janeiro 2014 / Fevereiro 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................18
• Data da Revista: Novembro 2012

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Abril 2012

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , ,

domingo, 12 de abril de 2015

3553 - São Lourenço 2012 (Branco)



Região: DOC Bairrada
Castas: Arinto, Chardonnay e Sauvignon Blanc
Produtor: Sociedade Agricola Colinas de S. Lourenço, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Carlos Lucas e Pascal Chatonnet
Notas de Prova: Apresenta uma cor citrina e um nariz claramente dominado pela fruta tropical madura e por delicados aromas cítricos e até florais, na boca é um vinho equilibrado, com uma acidez agradável e um paladar fresco, além de frutado e delicadamente limonado, o final de boca é mediano.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Abril 2014

Rótulo: Produzido com as uvas da nossa propriedade, no prestigiado "terroir" da Bairrada, São Lourenço é um vinho fresco e elegante. De cor citrina, exibe aromas de fruta tropical madura e citrinos, terminando com uma agradável acidez e frescura na boca.

Etiquetas: , , , , , ,

Prova do Moscatel Domingos Soares Franco Colecção Privada Moscatel Roxo de Setúbal 2005 (Dez/2014)


No passado dia 24/12/2014, realizei uma Prova do Moscatel Domingos Soares Franco Colecção Privada Moscatel Roxo de Setúbal 2005 do produtor José Maria da Fonseca Vinhos, S.A. da região de Península de Setúbal.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao produtor José Maria da Fonseca Vinhos, S.A. pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Domingos Soares Franco Colecção Privada Moscatel Roxo de Setúbal 2005 (Moscatel)

Região: DOC Península de Setúbal
Castas:
Moscatel de Roxo
Produtor: José Maria da Fonseca Vinhos, S.A.
Álcool: 17%
Enólogo: Domingos Soares Franco
Nota de Prova: Apresenta uma bonita cor âmbar com uma delicada tonalidade laranja, no nariz o destaque vai para os perfumados aromas melados e de flor de laranjeira, bem como subtis notas de fruta madura, nomeadamente pêssegos e alperce, na boca é um vinho elegante, com uma bela acidez e doçura bem presente, conta com um paladar fino, muito frutado e onde o mel e alguns frutos secos dominam o conjunto, o final de boca é prolongado e persistente.
Classificação Pessoal: 16.5

Etiquetas: