• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







Todos os Vinhos Provados no Blog Os Vinhos (4440)
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos (3604)

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

3866 - Pêra-Manca 2012 (Branco)



Região: DOC Alentejo
Castas: Antão Vaz e Arinto
Produtor: Fundação Eugénio de Almeida
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 14%
Enólogo: Pedro Baptista
Notas de Prova: Cor amarela com delicados laivos dourados, o nariz revela elegância e fineza com a tosta muito presente e agradavelmente apoiada em notas fumadas e minerais, num fundo bem preenchido pela fruta madura e até subtis nuances de frutos secos, na boca evidencia estrutura e corpo, além de uma ligeira secura e um paladar bem frutado, citrino e tostado, termina de uma forma prolongada e muito persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17.5
• Data da Prova: Março 2016

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17.5
• Data da Revista: Novembro 2014 / Dezembro 2014

Rótulo: O vinho Pêra-Manca - Évora remonta ao séc XV, "citado nas crónicas quinhentistas e se exportava largamente nas esquadras portuguesas em demanda de terras ultramarinas" (Espanca) e referida por D. João II em 1488 numa Carta de Câmara de Évora. «No fim do século XIX o vinho Pêra-Manca, propriedade de J. Soares, teve grande projecção pela sua valiosa presença em concursos internacionais, tendo obtido um invejável conjunto de prémios» (Rosário) salientando-se medalhas de ouro em Bordéus em 1897 e 1898. Este vinho branco, de 2012, foi elaborado a partir de uvas das castas Antão Vaz e Arinto, vinificado parcialmente em barricas de carvalho francês e depósito de inox. A totalidade do lote foi sujeito a estágio de doze meses, sobre a borra fina, seguido de estágio em garrafa durante nove meses. Foram produzidos 43.000 litros em garrafas numeradas, cabendo a esta o 08613.

Etiquetas: , , , , ,

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

3865 - Ripanço Private Selection 2013 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Syrah, Aragonês e Alicante Bouschet
Produtor: José Maria da Fonseca Vinhos, S.A.
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Domingos Soares Franco
Notas de Prova: Cor rubi de relativa intensidade e concentração, o nariz sugere aromas de fruta vermelha madura, subtis notas de mirtilos e um delicado toque vegetal, na boca é um vinho correcto, com um volume mediano e taninos polidos, conta com um paladar acima de tudo frutado e levemente vegetal e termina com um final de boca curto mas agradável.

Classificação Pessoal: ......................................14.5
• Data da Prova: Fevereiro 2015

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .16.3
• Data da Revista: Abril 2015 / Junho 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Março 2015

Rótulo: Ripanço é o nome de uma técnica antiga utilizada tradicionalmente para desengaçar manualmente as uvas utilizando ripas de madeira. Este processo artesanal resulta num vinho mais suave, com maior concentração e cor.

Etiquetas: , , , , , ,

Grande Prova dos vinhos da Quinta do Portal no Restaurante Tendinha - Parte I (Jul/2015)


No passado dia 02/07/2015 no Restaurante Tendinha em Mem Martins, teve lugar uma Grande Prova dos vinhos do Produtor Quinta do Portal da região do Douro.
Na 1ª parte deste Evento, o Produtor teve a oportunidade de apresentar alguns dos seus vinhos de mesa, neste caso 5 brancos, 1 rosé e 5 tintos.

Prova comentada pelo Enólogo Paulo Coutinho.



Portal Verdelho & Sauvignon Blanc 2014 (Branco)

Região: Regional Douro
Castas: Verdelho e Sauvignon Blanc
Produtor: Sociedade Quinta do Portal, S.A.
Álcool: 13.5%
Enólogo: Paulo Coutinho
Nota de Prova: Cor amarelo citrino e nariz delicadamente marcado pelos aromas de fruta tropical e imensas notas vegetais e citrinas, na boca é um vinho correcto, com uma acidez mediana e um paladar frutado, floral e algo vegetal, termina com um final de boca seco e curto de comprimento.
Classificação Pessoal: 15
Portal Moscatel Galego Branco 2014 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas: Moscatel Galego Branco
Produtor: Sociedade Quinta do Portal, S.A.
Álcool: 13%
Enólogo: Paulo Coutinho
Nota de Prova: Cor amarela delicada e nariz muito floral, além de evidenciar frescas notas de fruta tropical e um leve toque de hortelã, na boca é um vinho fresco e seco, com uma acidez agradável e um paladar rico em fruta e delicadas nuances cítricas, terminando com uma evidente secura, num final de boca de comprimento e persistência correctos.
Classificação Pessoal: 15
Portal 2014 (Rosé)

Região: DOC Douro
Castas: Tinta Roriz e Touriga Nacional
Produtor: Sociedade Quinta do Portal, S.A.
Álcool: 13%
Enólogo: Paulo Coutinho
Nota de Prova: Cor salmão delicada e nariz muito floral, acompanhado por breves notas de fruta vermelha, na boca é um vinho delicado, com a fruta vermelha e nuances florais em predominância, termina com um final de boca de expressão correcta.
Classificação Pessoal: 14.5
Mural 2004 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas: Moscatel Galego Branco, Viosinho, Malvasia Fina e Gouveio
Produtor: Sociedade Quinta do Portal, S.A.
Álcool: 13%
Enólogo: Paulo Coutinho
Nota de Prova: Cor amarela intensa e nariz agradavelmente preenchido por aromas fumados e de fruta muito madura, acompanhados por um delicado toque de frutos secos e até um certo apetrolado, na boca é un vinho que apresenta uma ligeira evolução e um paladar marcado pelos frutos secos e por um delicado toque melado, formando um conjunto curioso e com um final de boca curto.
Classificação Pessoal: 15
Quinta do Portal Colheita 2004 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas: Viosinho, Moscatel Galego Branco, Malvasia Fina, Gouveio e Fernão Pires
Produtor: Sociedade Quinta do Portal, S.A.
Álcool: 13%
Enólogo: Paulo Coutinho
Nota de Prova: Cor amarelo torrado e nariz fino, onde as notas fumadas e especiadas combinam com a fruta madura e breves nuances meladas, na boca apresenta uma agradável estrutura e uma evolução delicada, revelando um paladar rico em frutos secos misturados com um leve toque de citrinos bem maduros, o final de boca termina com um comprimento médio e seco mas muito saboroso.
Classificação Pessoal: 16
Portal Alvarinho & Verdelho 2014 (Branco)

Região: DOC Douro
Castas: Alvarinho e Verdelho
Produtor: Sociedade Quinta do Portal, S.A.
Álcool: 13%
Enólogo: Paulo Coutinho
Nota de Prova: Cor amarela citrina e levemente esverdeada, no nariz destacam-se as notas florais e vegetais aliadas a breves sugestões limonadas, na hoca é um vinho seco e delicado, com uma acidez correcta e um paladar frutado e rico em sugestões de citrinos, o final de boca termina com um comprimento curto/médio.
Classificação Pessoal: 14.5
Quinta do Portal Grande Reserva 2011 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz e Touriga Franca
Produtor: Sociedade Quinta do Portal, S.A.
Álcool: 14.5%
Enólogo: Paulo Coutinho
Nota de Prova: Cor rubi intensa e nariz fino e elegante, com os aromas de fruta vermelha e do bosque a combinarem agradavelmente com a madeira e com diversas notas de especiarias, num fundo mais floral e até mineral, na boca é um vinho encorpado, volumoso e relativamente complexo, com taninos firmes e um paladar cheio de fruta bem madura, notas de barrica e uma certa mineralidade, termina com um final de boca longo e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Quinta do Portal Grande Reserva 2001 [Magnum] (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz
Produtor: Sociedade Quinta do Portal, S.A.
Álcool: 14%
Enólogo: Paulo Coutinho
Nota de Prova: Cor granada intensa no centro e auréola de tonalidade acastanhada, no nariz é notória uma ligeira evolução, com a fruta vermelha e em passa envolvida por delicadas notas especiadas, madeira velha e também algum vegetal seco e couro, na boca revela-se um vinho elegante e harmonioso, com a fruta preta subtilmente misturada com delicadas nuances minerais e imensas nuances de couro, final de boca termina longo.
Classificação Pessoal: 17
Auru 2011 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz e Touriga Franca
Produtor: Sociedade Quinta do Portal, S.A.
Álcool: 14.5%
Enólogo: Paulo Coutinho
Nota de Prova: Apresenta uma cor carregada e um nariz cheio de elegância e complexidade, onde os aromas de fruta preta se misturam com um toque muito mineral e especiado, além de subtis apontamentos florais, na boca é um vinho volumoso e muito encorpado, com taninos finos e um paladar cheio de fruta negra e breves notas minerais, num fundo mais especiado e delicadamente achocolatado, o final de boca é prolongado e de uma excelente persistência.
Classificação Pessoal: 17.5
Auru 2001 [Magnum] (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Tinta Roriz e Touriga Nacional
Produtor: Sociedade Quinta do Portal, S.A.
Álcool: 14%
Enólogo: Paulo Coutinho
Nota de Prova: Cor granada cheia e nariz rico em aromas de couro e fruta preta, envolvidos por notas de especiarias e uma característica mineral típica, na boca é um vinho elegante, muito envolvente e profundo, com um paladar claramente marcado pelos frutos negros e por breves notas de madeira, o final de boca é longo e de uma persistência notável.
Classificação Pessoal: 18
Black Pur Portal 2012 (Tinto)

Região: Regional Douro
Castas: Cabernet Sauvignon e Malbec
Produtor: Sociedade Quinta do Portal, S.A.
Álcool: 15%
Enólogo: Paulo Coutinho
Nota de Prova: Cor negra no centro e auréola violácea, no nariz sobressai de imediato os aromas de pimentos e fruta vermelha madura casados com notas vegetais e algum floral, na boca é um vinho fresco e muito equilibrado, com uma acidez bem presente e um paladar muito frutado, termina com um final de boca relativamente prolongado.
Classificação Pessoal: 16.5

Etiquetas:

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

3864 - Quinta dos Frades Grande Reserva Vinhas Velhas 2009 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: João Silva e Sousa e Anselmo Mendes
Preço: Entre 20€ e 25€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Anselmo Mendes
Notas de Prova:Cor rubi intensa e muito concentrada, o nariz revela elegantes aromas de frutos silvestres envolvidos por perfumadas notas florais e vegetais, bem como sugestivas nuances de especiarias e tosta, num fundo algo balsâmico e até mineral, na boca apresenta uma textura dominada pela elegância e taninos firmes mas muito bem integrados num conjunto estruturado e de volume elevado, no paladar domina a fruta negra harmoniosamente misturada com breves apontamentos vegetais e especiados, além de um leve toque de café, couro e até chocolate, termina de uma forma bem prolongada e muito persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17.5
• Data da Prova: Janeiro 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Novembro 2011

Rótulo: Na Quinta dos Frades, uma das maiores do Douro património da Humnanidade, encontramos vinhas com mais de 90 anos, utilizámos lagares de granito e fizemos este vinho. Anselmo Mendes.

Etiquetas: , , , ,

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

3863 - Leo d'Honor 2009 (Tinto)



Região: DOC Península de Setúbal
Castas: Castelão
Produtor: Casa Ermelinda Freitas
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Jaime Quendera
Notas de Prova: Apresenta uma cor granada intensa e um nariz muito bem preenchido por aromas de fruta preta e delicadas nuances compotadas e especiadas, além de evidenciar notas de tabaco e madeira, na boca é um vinho encorpado e complexo, com taninos firmes e um paladar frutado, achocolatado e rico em sugestões apimentadas, o final de boca termina com um comprimento prolongado.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Julho 2015

Classificação Vinho Grandes Escolhas: ..............17.5
• Data da Revista: Setembro 2017

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Março 2015

Rótulo: Produzido apenas em anos de qualidade excepcional, o meu Leo d'Honor é verdadeiramente a procura da excelência. Tem origem em vinhas velhas com mais de 60 anos plantadas em solos arenosos de Fernando Pó e mostra uma combinação de aromas e sabores que optimizam as características da casta Castelão que lhe dá origem. Envelhecido em barricas novas de carvalho francês durante 18 meses, apresenta grande estrutura e aromas evolutivos de grande complexidade. Acompanha carnes vermelhas assadas e queijos de pasta mole. Leonor Freitas Proprietária.

Etiquetas: , , , , ,

domingo, 27 de dezembro de 2015

3862 - Redoma Reserva 2013 (Branco)



Região: DOC Douro
Castas: Rabigato, Codega, Donzelinho, Arinto e Vinhas Velhas
Produtor: Niepoort Vinhos, S.A.
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Dirk Niepoort e Luís Seabra
Notas de Prova: Cor amarela delicadamente dourada e nariz bem preenchido por aromas fumados, tostados e de fruta madura, acompanhados por um subtil toque mineral, na boca é um vinho equilibrado, estruturado e agradavelmente complexo, com um paladar dominado pela fruta e pelas notas da barrica, bem como por uma forte componente mineral, o final de boca termina com um comprimento médio/longo.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Janeiro 2017

Classificação Pessoal: ......................................0
• Data da Prova: Setembro 2016

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............18
• Data da Revista: Março 2015 / Abril 2015

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .17
• Data da Revista: Janeiro 2015 / Março 2015

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , , , ,

Prova do Vinho tinto Grande Rocim Reserva 2011 (Set/2015)


No passado dia 21/09/2015, realizei uma Prova do vinho tinto Grande Rocim Reserva 2009 do produtor Herdade do Rocim do Alentejo.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Herdade do Rocim pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Grande Rocim Reserva 2011 (Tinto)

Região: DOC Alentejo
Castas: Alicante Bouschet
Produtor: Herdade do Rocim
Álcool: 15%
Enólogo: Catarina Vieira e Pedro Ribeiro
Nota de Prova: Cor rubi carregada e nariz muito bem preenchido por elegantes aromas de frutos pretos e vermelhos, envolvidos por delicadas mas sugestivas notas vegetais e de cacau, além de breves apontamentos especiados e de madeira, na boca é um vinho volumoso e encorpado, com taninos firmes mas que ao mesmo tempo apresentam uma fineza capaz de impressionar qualquer um, no paladar destaque para a envolvência da fruta negra com as notas de chocolate, em perfeita harmonia com subtis nuances minerais e complexas sugestões de barrica, onde é notória a sua elevada qualidade, o final de boca termina ligeiramente seco e com um comprimento longo e uma persistência muitíssima elevada.
Classificação Pessoal: 17.5

Etiquetas:

sábado, 26 de dezembro de 2015

3861 - Soalheiro Alvarinho 2014 (Branco)



Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Alvarinho
Produtor: Quinta de Soalheiro
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 12.5%
Enólogo: António Luis Cerdeira
Notas de Prova: Cor citrina e nariz muito bem preenchido por aromas florais e de fruta tropical, além de evidentes sugestões de maçã verde, na boca é um vinho sedutor, com uma acidez muito interessante e um paladar marcado pelas notas de fruta e citrinos, além de breves apontamentos florais, termina com um final de boca de comprimento médio/longo e persistência agradável.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Julho 2016

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Março 2016

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Janeiro 2016

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Dezembro 2015

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Março 2015

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17
• Data da Revista: Março 2016 / Abril 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Outubro 2015

Rótulo: Soalheiro é a primeira marca de Vinho Verde Alvarinho de Melgaço, o ponto mais nortes de Portugal. As encostas soalheiras de Monção e Melgaço garantem o terroir perfeito para o nosso Alvarinho. Esperamos que sintam neste clássico do Soalheiro a sua elegante e vibrante expressão, algo que nos apaixona desde 1982.

Etiquetas: , , , , ,

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

3860 - Piorro Grande Reserva 2009 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz e Touriga Franca
Produtor: 1912 Winemakers, Lda
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Carlos Lucas e Lúcia Freitas
Notas de Prova: Cor rubi muito carregada e nariz rico em aromas florais e de frutos do bosque, envolvidos por delicadas notas de especiarias, notas de barrica e ainda breves apontamentos de ameixas, na boca é um vinho volumoso, com alguma complexidade e taninos muito jovens, conta comum paladar dominado pela fruta negra, diversas especiarias e breves notas vegetais e tostadas, o final de boca é prolongado.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Janeiro 2015

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17
• Data da Revista: Junho 2013 / Julho 2013

Rótulo: De uma selecção das castas Touriga Nacional, Tinta Roriz e Touriga Franca, das nossas vinhas velhas, surge este Grande Reserva 2009, que após vinificação cuidada estagiou em barricas novas de Carvalho Francês. Este vinho carregado na cor, de grande complexidade, elegância e intensidade aromática, apresenta uma boca volumosae complexa, acidez equilibrada e taninos firmes e maduros que lhe conferem um final intenso e persistente. Pode beber desde já, ou guardar uns anos em cave com temperatura controlada. Recomenda-se que seja apreciado entre os 16 e os 18ºC.

Etiquetas: , , , , , ,

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

3859 - Piorro Vinhas Velhas 2011 (Branco)



Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas, Viosinho, Gouveio, Malvasia Fina e Rabigato
Produtor: 1912 Winemakers, Lda
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 13%
Enólogo: Carlos Lucas e Lúcia Freitas
Notas de Prova: Apresenta uma cor citrina e um nariz delicadamente marcado pela fruta madura e notas especiadas e fumadas, na boca é um vinho com alguma estrutura, acidez correcta e uma secura bem presente, conta com um paladar frutado e onde a barrica revela a sua marca, o final de boca tem um comprimento e uma persistência de expressão ligeiramente acima da média.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Janeiro 2015

Rótulo: Este vinho foi obtido através de uma selecção das castas Viosinho, Gouveio, Malvasia Fina e Rabigato, das nossas vinhas velhas situadas na pequena povoação de Guiães, seguindo-se uma vinificação em inox e em barrica com battonage, onde estagiou sobre as borras finas durante 6 meses. Apresenta uma cor citrina e notas delicadas de frutas brancas, que se confirmam na boca, com ligeiras nuances minerais e acidez equilibrada, mas não excessiva. Recomenda-se que seja apreciado entre os 10 e os 12ºC.

Etiquetas: , , , , , , , ,

3858 - Pontual Touriga Nacional & Trincadeira 2013 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Touriga Nacional e Trincadeira
Produtor: PLC, Companhia de Vinhos do Alandroal, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Paolo Fiuza Nigra e Dinis Gonçalves
Notas de Prova: Cor rubi concentrada e nariz rico em fruta vermelha e delicadas notas florais, num fundo ligeiramente especiado, na boca é um vinho equilibrado, com um volume médio, taninos aguerridos e uma estrutura agradável, revela um paladar algo seco e onde a sua componente frutada domina o conjunto, secundada por evidentes nuances vegetais, o final de boca termina com um comprimento mediano.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Janeiro 2015

Rótulo: Proveniente de vinhedos do Alandroal, em terras xistosas e de ares soalheiros, produzido por lavradores de tradição vitícola. Descansou em barricas novas de carvalho, embebendo-se durante meses na nobreza aromática da madeira. Enólogo - Paolo Fiuza Negra e Dinis Gonçalves.

Etiquetas: , , , , ,

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

3857 - Pontual Colheita 2013 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Alicante Bouschet, Syrah, Touriga Nacional e Petit Verdot
Produtor: PLC, Companhia de Vinhos do Alandroal, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Paolo Fiuza Nigra e Dinis Gonçalves
Notas de Prova: Apresenta uma cor avermelhada, de média concentração, o nariz é revelador de aromas de fruta vermelha misturados com um ligeiro toque floral e vegetal, na boca é um vinho equilibrado, com taninos redondos e um volume correcto, contando com um paladar interessante, onde a fruta aparece agradavelmente envolvida com delicadas notas especiadas, o final de boca termina com um comprimento médio.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Janeiro 2015

Rótulo: Proveniente de vinhedos localizados em terras xistosas e de ares soalheiros, produzido por lavradores de tradição vitícola, este vinho combina as castas Alicante Bouschet, Syrah, Touriga Nacional e Petit Verdot. Descansou em barricas de carvalho, embebendo-se durante meses na nobreza aromática da madeira. Enólogo: Paolo Fiuza Negra e Dinis Gonçalves.

Etiquetas: , , , , , , ,

Prova do Vinho tinto Quinta da Fronteira Reserva 2012 (Set/2015)


No passado dia 13/09/2012, realizei uma Prova do vinho tinto Quinta da Fronteira Reserva 2012 do produtor Quinta da Fronteira da região do Alentejo.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Quinta da Fronteira - Companhia das Quintas pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Quinta da Fronteira Reserva 2012 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz
Produtor: Quinta da Fronteira - Companhia das Quintas
Álcool: 15%
Enólogo: Frederico Vilar Gomes e José Barbosa
Nota de Prova: Cor intensa de tonalidade rubi avioletada, no nariz dominam as notas florais, muito bem acompanhadas por aromas de frutos do bosque e vermelhos, além de subtis nuances vegetais e de barrica, na boca é um vinho volumoso, complexo e com taninos elegantes e jovens, onde revela um paladar mais vegetal que frutado, num fundo especiado e com a madeira a conferir uma bela complexidade a um conjunto que termina algo seco e de comprimento longo.
Classificação Pessoal: 17

Etiquetas:

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

3856 - Pontual Syrah 2013 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Syrah
Produtor: PLC, Companhia de Vinhos do Alandroal, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: Paolo Fiuza Nigra e Dinis Gonçalves
Notas de Prova: Cor rubi intensa no centro e delicada auréola violácea, o nariz sugere evidentes aromas de frutos silvestres e delicadas notas florais e apimentadas, num fundo mais especiado e até vegetal, na boca é um vinho equilibrado, com taninos muito redondos e uma acidez mediana, o paladar está marcado pela fruta negra e por evidentes sugestões de pimenta e tosta, terminando com um final de boca de comprimento e persistência de expressão média.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Janeiro 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Março 2015

Rótulo: Proveniente de vinhedos do Alandroal em terras xistosas de ares soalheiros. Produzido por lavradores de tradição vitícola. Descansou em barricas novas de carvalho, embebendo-se durante meses na nobreza aromática da madeira. Enólogo: Paulo Fiuza Negra e Dinis Gonçalves.

Etiquetas: , , , , ,

3855 - Louis Latour Chablis La Chanfleure Chardonnay 2013 (Branco)



Região: França
Castas: Chardonnay
Produtor: Louis Latour
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Jean-Charles Thomas
Notas de Prova: Cor amarela intensa e nariz muito aromático, com perfumadas notas citrinas e florais envolvidas com evidentes nuances minerais, na boca destaca-se a sua acidez e frescura, bem como uma agradável estrutura e cremosidade, o paladar revela fruta madura e notas limonadas, terminando com um final de boca de comprimento e persistência acima da média.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Fevereiro 2015

Rótulo: Founded in 1797, Maison Louis Latour harvests, vinifies, ages and bottles the finest wines of Burgundy.

Etiquetas: , , , , ,

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

3854 - Redoma 2013 (Branco)



Região: DOC Douro
Castas: Rabigato, Códega, Viosinho, Donzelino Branco, Arinto e Outras
Produtor: Niepoort Vinhos, S.A.
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Dirk Niepoort e Luís Seabra
Notas de Prova: Cor amarela palha e nariz agradavelmente fresco, onde as notas florais e citrinas envolvem-se com evidentes notas abaunilhadas, na boca é um vinho cremoso, muito fresco e com uma acidez bem interessante, no paladar destaca-se a fruta e os citrinos, além de subtis nuances minerais, terminando com um final de boca de comprimento e persistência acima da média.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Fevereiro 2015

Rótulo: -

Etiquetas: , , , , , , , , ,

domingo, 20 de dezembro de 2015

3853 - Quinta do Vallado Sousão 2010 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Sousão
Produtor: Quinta do Vallado - Sociedade Agrícola, Lda
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Francisco Olazabal
Notas de Prova: Cor rubi opaca e muito concentrada, o nariz evidencia fortes aromas de fruta negra, especiarias e algum vegetal, bem como um leve toque balsâmico e achocolatado, na boca é um vinho encorpado e volumoso, com taninos firmes mas nada pesados e um paladar dominado pela fruta preta, compotas e imensas notas especiadas, além de breves apontamentos de couro, o final de boca é prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Janeiro 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Fevereiro 2013

Rótulo: A Quinta do Vallado situa-se no vale do rio Douro, e mantém-se na família Ferreira, descendente de Dona Antónia Adelaide Ferreira, há seis gerações. Ass: Maria Antónia Ferreira. Casta: 100% Sousão. Foi engarrafado após um estágio de 18 meses em meias pipas de carvalho francês. Enologist: Francisco Olazabal.

Etiquetas: , , , , ,

Prova do Vinho tinto Crasto Superior Syrah 2013 (Set/2015)


No passado dia 14/09/2015, realizei uma Prova do vinho tinto Crasto Superior Syrah 2013 do produtor Quinta do Crasto do Douro.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Crasto Superior Syrah 2013 (Tinto)

Região: Regional Douro
Castas:
Syrah e Viognier
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto
Álcool: 14%
Enólogo: Manuel Lobo
Nota de Prova: Cor rubi profunda de tonalidade violácea brilhante, apresenta um nariz rico em frutos vermelhos e do bosque, agradavelmente acompanhados por evidentes e sugestivos aromas de chocolate, num fundo mais especiado e onde a barrica revela subtileza, na boca é um vinho equilibrado, encorpado e volumoso, com uma elegância e fineza cativantes, conta com um paladar cheio de fruta preta e notas de cacau misturadas com um delicado toque vegetal e alguma madeira, terminando com um final de boca longo.
Classificação Pessoal: 17

Etiquetas:

sábado, 19 de dezembro de 2015

3852 - Esporão Reserva 2012 (Tinto)



Região: DOC Alentejo
Castas: Aragonês, Trincadeira, Cabernet Sauvignon e Alicante Bouschet
Produtor: Esporão S.A.
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 14.5%
Enólogo: David Baverstock e Luís Patrão
Notas de Prova: Cor rubi intensa e nariz cheio de frutos silvestres e compota, aliados a evidentes notas de especiarias e sugestivas notas de tosta, na boca é um vinho muito equilibrado, com taninos redondos e um volume acima da média, no paladar destaca-se a envolvência da fruta e das notas especiadas, tudo muito bem integrado com a barrica, termina com um final de boca de comprimento médio/alto.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Fevereiro 2015

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17
• Data da Revista: Maio 2015 / Junho 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Março 2015

Rótulo: O território da Herdade do Esporão mantêm-se inalterado há mais de 700 anos e beneficis de um clima mediterrânico-continental. Para obtermos melhores, a nossa agricultura segue os princípios da produção integrada, Este vinho respeita a tradição da vitinicultura alentejana, a sua diversidade de castas e técnicas de vinificação. Obra original do rótulo criada por Alberto Carneiro. Aragonez, Trincadeira, Cabernet Sauvignon, Alicante Bouschet. Estágio de doze meses em carvalho francês e americano.

Etiquetas: , , , , , , ,

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

3851 - Quinta de Cabriz Escolha Virgílio Loureiro 2000 (Tinto)



Região: DOC Dão
Castas: Alfrocheiro e Touriga Nacional
Produtor: Dão Sul - Sociedade Vitinícola, SA
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 13%
Enólogo: Virgílio Loureiro
Notas de Prova: Cor granada de tonalidade acastanhada e concentração mediana, apresenta um nariz já evoluído, com os aromas de couro, algum animal e madeira velha a destacarem-se face a algum vegetal seco e delicadas notas de especiadas, na boca é um vinho correcto, com algum corpo e uma acidez mediana, conta um paladar dominado pela madeira e pelo couro, num fundo onde a fruta preta se revela subtil, termina com um final de boca delicado mas agradável.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Janeiro 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Janeiro 2003

Classificação Revista dos Vinhos: ......................18.5
• Data da Revista: Dezembro 2002

Rótulo: Alguns vinhos emocionam-me. Este é um deles. Espero que goste. À sua saúde! Virgílio Loureiro.

Etiquetas: , , , , ,

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

3850 - Casa da Passarella A Descoberta 2013 (Branco)



Região: DOC Dão
Castas: Encruzado, Malvasia Fina e Verdelho
Produtor: O Abrigo da Passarela, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Paulo Nunes
Notas de Prova: Cor amarelo palha levemente esverdeado e nariz dominado pelos frescos aromas cítricos e florais, acompanhados por leves notas vegetais, na boca é um vinho directo, fresco e com um paladar onde a fruta e um certo limonado se destacam face à mineralidade apresentada, terminando com um final de boca seco e curto, em termos de comprimento.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Janeiro 2015

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............16
• Data da Revista: Janeiro 2015 / Fevereiro 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Setembro 2014

Rótulo: O mistério da caixa encontrada dentro de uma das paredes da Casa da Passarella está finalmente resolvido. A história começa em 1942, quando uma caixa é emparedada numa das divisões da Casa da Passarela, contendo um documento escrito e cursivo com instruções para ser aberta 50 anos mais tarde. No documento constava também uma última vontade: a deque fossem distribuídos pelos pobres todos os valores guardades na caixa. O certo é que nenhuma destas duas coisas aconteceu. Só em 2010, quando a Casa sofreu obras, a caixa foi encontrada e aberta. E não havia nada lá dentro. As investigações foram avançando, sem nunca se ter desvendado o minstério. Quando parecia que a resignação acabava por vencer a peuma rsistência, umespecialista no insólito foi chamado ao local: "a caixa estava de facto repleta" - esplicou o professor K. Noronha - "mas não de coisas palpáveis", materiais. A caixa estava impregnada de uma essência extraordinária que, reagindo com os tempos vindouros, haveria de trazer a felicidade através do vinho a todos os que dela fizessem artee proveito. Ora, esses tempos vindouros fazem já parte do presente. E isto é uma dupla descoberta" - concluiu.

Etiquetas: , , , , , ,

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

3849 - Quinta das Bágeiras Garrafeira 2009 (Tinto)



Região: DOC Bairrada
Castas: Baga
Produtor: Mário Sérgio Alves Nuno
Preço: Entre 20€ e 25€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Mário Sérgio Alves Nuno
Notas de Prova: ainda está na Garrafeira.







Classificação Pessoal: ......................................-


Classificação Wine - Essência do Vinho: .............19
• Data da Revista: Março 2014 / Abril 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................18
• Data da Revista: Dezembro 2013

Rótulo: A Quinta das Bágeiras só atribui a designação garrafeira aos seus melhores vinhos de colheitas excepcionais. Este garrafeira foi elaborado com uvas das castas Maria Gomes e Bical, provenientes das nossas vinhas velhas. Fermentou em tonel de madeira avinhada e não se recorreu a colagem nem filtragem. Das 2743 garrafas esta tem o nº 47.

Etiquetas: , , , , ,

Prova do Vinho tinto Herdade da Farizoa Reserva 2012 (Set/2015)


No passado dia 13/09/2015, realizei uma Prova do vinho tinto Herdade da Farizoa Reserva 2012 do produtor Companhia das Quintas - SAQRC S.A. da região do Alentejo.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao produtor Companhia das Quintas - SAQRC S.A. pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Herdade da Farizoa Reserva 2012 (Tinto)

Região: DOC Alentejo
Castas:
Touriga Nacional e Syrah
Produtor: Companhia das Quintas - SAQRC S.A.
Álcool: 14.5%
Enólogo: Joaquim Mendes e Frederico Vilar Gomes
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa no centro e laivos de tonalidade violeta, no nariz dominam os aromas de fruta preta e alguma mineralidade, acompanhados por evidentes notas florais e um toque especiado que confere uma certa complexidade ao conjunto, na boca é um vinho encorpado e volumoso, com taninos firmes e um paladar muito frutado e vegetal, bem apoiado por sugestivas nuances de barrica, o final de boca termina prolongado.
Classificação Pessoal: 16.5

Etiquetas:

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

3848 - Terra d'Alter Reserva 2013 (Branco)



Região: Regional Alentejo
Castas: Síria, Verdelho, Arinto e Viognier
Produtor: Terras de Alter, Companhia dos Vinhos, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Peter Bright
Notas de Prova: Cor amarela e nariz dominado pelos aromas de fruta madura e notas florais acompanhadas por uma certa mineralidade e um leve toque de baunilha, na boca é um vinho muito fresco e agradável, com uma bela acidez e um paladar cheio de fruta e citrinos, bem como leves sensações abaunilhadas, termina com um final de boca de comprimento e persistência de expressão média.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Fevereiro 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Janeiro 2016

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............15.5
• Data da Revista: Janeiro 2015 / Fevereiro 2015

Rótulo: Elaborado com as castas Síria, Verdelho, Arinto e Viognier, parcialmente fermentadas e estagiadas em barricas de carvalho até ao início da Primavera. O vinho resultante revela fragâncias a fruta, um paladar rico e uma acidez refrescante no final, tão típico da região Norte Alentejana.

Etiquetas: , , , , , , ,

3847 - Simonsig Chenin Blanc 2014 (Branco)



Região: África do Sul
Castas: Chenin Blanc
Produtor: Simonsig Wine Estate
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Johan Malan
Notas de Prova: Cor amarelo palha e nariz agradavelmente preenchido pela fruta tropical e delicadas notas florais, na boca é um vinho correcto, com uma acidez interessante e um paladar fresco, onde a fruta se destaca, nomeadamente notas de pêra e fruta tropical, terminando com uma expressão mediana.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Janeiro 2015

Rótulo: Named after the awe-inspiring views of the Simonsberg Mountain, Simonsig is a legendary landmark of the Cape Winelands. Sice 1688 the Malan family has upheld a passionate commitment to innovation and excellence. Cooling breezes from the Atlantic and quintessential terroir flawlessly intertwine to create world class, award-winning wines. Chenin Blanc. Aromas of sun rippened yellow apples and pears. Tactile, subtle sweet dried apricots and honey are perfectly balanced by a subtle mineral finish.

Etiquetas: , , , , ,

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

3846 - Crios Torrontés 2012 (Branco)



Região: Argentina
Castas: Torrontés
Produtor: Dominio Del Plata
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: Susana Balbo
Notas de Prova: Cor amarela delicada e leves apontamentos esverdeados, apresenta um nariz muito aromáico, onde as notas florais e a fruta tropical se misturam com subtis notas meladas, na boca é um vinho correcto, mais citrino que frutado e levemente vegetal, o final de boca tem um comprimento curto.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Janeiro 2015

Rótulo: Crios significa "filhos" e refere-se tanto a meus filhos como a meus vinhos, que possuem aromas de frutas frescas e excelente equilíbrio. Torrontés é uma variedade de uva aromática emblemática da Argentina. Combina aromas de flores brancas e cítricos, similares ao da uva Viognier, e a frescura da Sauvignon Blanc. Esta combinação surpreendente faz com que este vinho seja ideal para ser consumido com queijos e aperitivos, enquanto se prepara a refeição. Harmonize perfeitamente com frutos do mar ou comida asiática, ou também com uma tarde calorosa. Crios Torrontés não passa por barricas de carvalho, possui apenas muita atenção materna. Susana Balbo.

Etiquetas: , , , , ,

domingo, 13 de dezembro de 2015

3845 - Quinta de Cabriz Escolha Virgílio Loureiro 1999 (Tinto)



Região: DOC Dão
Castas: Alfrocheiro e Touriga Nacional
Produtor: Dão Sul - Sociedade Vitinícola, SA
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 14%
Enólogo: Virgílio Loureiro
Notas de Prova: Cor granada de média intensidade no centro e rebordo ligeiramente atijolado, o nariz revela ainda alguma complexidade, com as notas de couro e especiarias misturadas com alguma compota e subtis notas de madeira, na boca é um vinho já com uma certa evolução mas com uma acidez ainda muito agradável, taninos já muito polidos e paladar rico em notas de couro e alguma fruta preta, termina com um final de boca de comprimento mediano e persistência ainda considerável.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Janeiro 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Dezembro 2001

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Maio 2001

Rótulo: Alguns vinhos emocionam-me. Este é um deles. Espero que goste. À sua saúde! Virgílio Loureiro. Foram engarrafadas 6.500 garrafas cabendoa esta o nº 5105.

Etiquetas: , , , , ,

Bloggers regressam ao Restaurante Tendinha para mais um Jantar de grandes vinhos (Ago/2015)


No passado dia 13/08/2015 no Restaurante Tendinha em Mem Martins, teve lugar mais um Jantar de grandes vinhos, onde se juntaram alguns Bloggers de Vinho.

Durante o jantar e respectiva Prova de Vinhos estiveram presentes os Bloggers :
- Pedro Rafael Barata (Blog Os Vinhos)
- Rui Lourenço Pereira (Blog Art meets Bacchus)
- Carlos Janeiro (Blog Comer, Beber e Lazer)
- Francisco Damião de Brito (Blog Vinho do Porto Vintage).

O Evento realizou-se com a apresentação e degustação dos vários vinhos que cada um teve a oportunidade de trazer consigo.



Vinhos degustados durante o Jantar:

Aegerter Chablis Premier Cru Vieilles Vignes 2013 (Branco)

Região: França
Castas: Chardonnay e Vinhas Velhas
Produtor: Jean-Luc & Paul Aegerter
Álcool: 13%
Enólogo: Jean Luc Aegerter
Nota de Prova: Cor amarela brilhante e nariz fino e elegante, onde revela uma riqueza de aromas de fruta madura e delicadas notas especiadas envolvidas por um leve toque mineral e até fumado, na boca é um vinho com estrutura e volume, uma boa acidez e um paladar cheio de fruta e sugestões minerais, terminando com um final de boca prolongado.
Classificação Pessoal: 16.5
Torre do Esporão 2004 (Tinto)

Região: DOC Alentejo
Castas: Touriga Nacional, Syrah e Alicante Bouschet
Produtor: Esporão S.A.
Álcool: 14.5%
Enólogo: David Baverstock
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa no centro e uma auréola de leve tonalidade granada, o nariz evidencia uma forte componente terrosa que combinada com a fruta preta e delicadas notas de pimenta, entre outras especiarias e também alguma madeira, formam um conjunto sedutor e elegante, na boca é um vinho encorpado e estruturado, com taninos finos e um paladar amplamente dominado pela fruta bem madura e pelas especiarias aliadas a uma leve mineralidade e um delicado toque vegetal, o final de boca termina com um comprimento prolongado e uma persistência de grande nível.
Classificação Pessoal: 18
Terreus 2004 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Tempranillo
Produtor: Bodegas Mauro S.A.
Álcool: 15%
Enólogo: Mariano García
Nota de Prova: Cor rubi praticamente opaca e nariz surpreendente, quer pela fineza apresentada, quer pela elegância, revelando-se cheio de fruta preta e notas de barrica, envolvidas por um subtil toque de cacau e por uma certa mineralidade, que conferem classe e complexidade a um conjunto impressionante, na boca revela uma envolvência notável, um volume incrível e uma estrutura única, no paladar os frutos negros combinam com a madeira de uma forma perfeita e delicadas sugestões apimentadas e até vegetais completam um conjunto de grande, grande nível, o final de boca é longo e com uma persistência excelente.
Classificação Pessoal: 19
Imperial Gran Reserva 2007 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Tempranillo, Mazuelo e Graciano
Produtor: Compañia Vinicola del Norte de España, S.A.
Álcool: 13.5%
Enólogo: María Larrea
Nota de Prova: Cor rubi intensa e nariz muito complexo, pouco falador ao início mas que aos poucos vai revelando delicadas nuances de fruta preta e subtis notas especiadas, além de um ligeiro toque de vegetal seco, na boca é um vinho encorpado, com taninos firmes e um paladar bem preenchido por sugestões de fruta preta madura e diversas especiarias, num fundo claramente dominado pela madeira, termina com um final de boca de comprimento médio/longo e uma bem interessante persistência.
Classificação Pessoal: 17
Villa de Corullon 2008 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Mencía
Produtor: Desciendentes de J. Palacios
Álcool: 14.5%
Enólogo: Álvaro Palacios e Ricardo P. Palacios
Nota de Prova: Cor rubi muito concentrada e nariz fino e elegante, amplamente dominado pela fruta vermelha madura e notas balsâmicas, muito bem amparadas por sugestivas nuances minerais, num fundo mais especiado e onde a barrica é bem notória, na boca é um vinho equilibrado e estruturado, com taninos bem presentes e ao mesmo tempo polidos, no paladar destaca-se a qualidade da madeira muito bem integrada com a fruta vermelha madura e breves nuances vegetais e até minerais, terminando com um final de boca relativamente prolongado.
Classificação Pessoal: 17
Alión 2009 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Tinto Fino
Produtor: Bodegas y Viñedos Alión
Álcool: 14.5%
Enólogo: Xavier Ausás e Begoña Jovellar
Nota de Prova: Cor intensa e nariz muito elegante e fino, onde a fruta madura revela-se muito perfumada e envolvida por delicadas mas sugestivas notas apimentadas e minerais, num fundo mais especiado e onde a barrica, de grande qualidade, revela toda a sua classe, na boca é um vinho sedoso e ao mesmo tempo vigoroso, denotando uma grande complexidade e um volume enorme, no paladar destacam-se os frutos negros e um bonito toque floral e vegetal, além de finas nuances de madeira, terminando com um final de boca longo e muito prolongado.
Classificação Pessoal: 18
Ferrer Bobet Selecció Especial Vinyes Velles 2010 (Tinto)

Região: Espanha
Castas: Cariñena e Vinhas Velhas
Produtor: Ferrer Bobet
Álcool: 14.5%
Enólogo: Isabel Fortuny e Raül Bobet
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi praticamente opaca no centro e uma auréola de forte tonalidade violeta, o nariz é de uma elegância notável, com os frutos pretos e do bosque envolvidos por sedutoras nuances minerais, achocolatadas e até apimentadas, num fundo claramente marcado pela grande qualidade da madeira, na boca é um vinho impressionante, dada a sua complexidade, elegância e harmonia, com taninos distintos e um paladar cheio de fruta negra e notas balsâmicas, bem como uma mineralidade única, a barrica confere complexidade e uma outra dimensão a um vinho de nível muito superior, que termina com um final de boca longo e com uma persistência que perdura no tempo.
Classificação Pessoal: 19
Quinta do Vesúvio 2011 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Amarela
Produtor: Symington Family Estates, Vinhos, Lda
Álcool: 14%
Enólogo: Charles Symington e Pedro Correia
Nota de Prova: Cor rubi intensa no centro e auréola de forte tonalidade avioletada, o nariz evidencia aromas de frutos silvestres acompanhados por sugestivas notas florais e especiadas, além de um leve toque vegetal e até balsâmico, na boca é um vinho volumoso, encorpado e estruturado, com um paladar rico em fruta e notas de barrica, envolvidas por diversas especiarias e alguma tosta, termina com um final de boca bem prolongado.
Classificação Pessoal: 17.5
Romariz Colheita 1963 (Porto)

Região: Douro
Castas: Várias
Produtor: Romariz - Vinhos S.A.
Álcool: 20%
Enólogo: David Guimaraens
Nota de Prova: Bonita cor âmbar e nariz muito elegante e bem preenchido por aromas de frutos secos, especialmente avelãs e nozes, além de um leve toque de vinagrinho e iodo, típico destes vinhos com idade, na boca revela uma belíssima acidez e um paladar envolvente e cremoso, com uma agradável sugestão de noz muito bem misturada com delicadas notas de pimenta e algum mel, o final de boca termina de uma forma persistente.
Classificação Pessoal: 17

Etiquetas: