• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







Todos os Vinhos Provados no Blog Os Vinhos (4060)
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos (3415)

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

4235 - Grainha Reserva 2012 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Tinta Barroca, Touriga Franca
Produtor: Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Jorge Alves e Sónia Pereira
Notas de Prova: Cor rubi de elevada concentração e nariz muito floral e rico em aromas de fruta vermelha e menta, num fundo mais especiado e ligeiramente tostado, na boca é um vinho equilibrado e muito redondo, com taninos evidentes mas nada pesados, conta com um paladar frutado e ligeiramente vegetal, além de levemente apimentado, o final de boca termina com um comprimento mediano.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Fevereiro 2016

Rótulo: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Tinta Barroca, Touriga Franca.

Etiquetas: , , , , , , ,

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

4234 - Sino da Romaneira 2011 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz e Tinto Cão
Produtor: Sociedade Agrícola da Romaneira, S.A.
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13%
Enólogo: António Agrellos
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi de média intensidade no centro e laivos de tonalidade violeta, o nariz revela frescos aromas florais e evidentes notas de frutos silvestres, acompanhados por breves nuances minerais e tostadas, na boca é um vinho agradável, com taninos redondos e um paladar marcado pela fruta e por um ligeiro especiado, o final de boca termina com um comprimento médio.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Fevereiro 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Abril 2015

Rótulo: As vinhas da histórica Quinta da Romaneira observam o majestoso rio Douro, num amplo anfiteatro natural esculpido no xisto, que é a base do "terroir" único da propriedade. Este "Sino da Romaneira" Tinto foi vinificado a partir de castas clássicas do Douro (Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca e Tinto Cão). Fresco e elegante, com taninos macios, transmite a beleza selvagem das suas origens Durienses. O nome é uma homenagem ao vetusto sino que existe ainda hoje na entrada da casa principal da Quinta da Romaneira.

Etiquetas: , , , , , , ,

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

4233 - Crochet 2013 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Franca e Touriga Nacional
Produtor: Esteban & Tavares Vinhos, Lda
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Sandra Tavares da Silva e Susana Esteban
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi carregada no centro e uma fina auréola de tonalidade avermelhada, o nariz revela sugestivos aromas florais e de frutos vermelhos envolvidos por uma certa mineralidade e diversas especiarias, num fundo mais fumado e elegante, na boca é um vinho harmonioso e cremoso, com taninos sedosos e um paladar cheio de fruta madura e nuances de barrica de qualidade, o final de boca termina longo e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Julho 2016

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Junho 2016

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Fevereiro 2016

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............18.5
• Data da Revista: Janeiro 2016 / Fevereiro 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Dezembro 2015

Rótulo: Touriga Franca / Touriga Nacional / Vindima Manual / Garrafa nº 3014 de 3900. Garrafa nº 3015 de 3900. Garrafa nº 3016 de 3900.

Etiquetas: , , , , ,

terça-feira, 29 de novembro de 2016

4232 - Quinta da Leda 2013 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz
Produtor: Sogrape Vinhos de Portugal, SA
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Luis Sottomayor
Notas de Prova: ainda está na Garrafeira






Classificação Pessoal: ......................................-


Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17.5
• Data da Revista: Janeiro 2016 / Fevereiro 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Dezembro 2015

Rótulo: Elegância e tradição unem-se numa história que se descobre e saboreia em cada vinho da Casa Ferreirinha. Quinta da Leda apresenta um aroma de frutos vermelhos vivos (framboesa e cassis), florais (rosmaninho e majerico) complementado por discretas alusões a aromas balsâmicos como o cedro e caixa de tabaco. Revela, ainda, notas de baunilha e especiarias, provenientes do estágio em madeira. Um vinho contemporâneo pronto a saborear, mas com uma excelente capacidade de envelhecimento. Servir a 16-18ºC. No sentido de preservar a sua mais alta qualidade, este vinho foi engarrafado sem tratamento pelo frio podendo formar um ligeiro depósito. Deve ser decantado.

Etiquetas: , , , , , , ,

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

4231 - Pombal do Vesúvio 2011 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Franca, Touriga Nacional e Tinta Amarela
Produtor: Symington Family Estates, Vinhos, Lda
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 14%
Enólogo: Charles Symington e Pedro Correia
Notas de Prova: Cor rubi intensa no centro e auréola de tonalidade violácea, o nariz sugere aromas de fruta preta e vermelha madura, além de sugestivas notas tostadas e especiadas, num fundo mais compotado e delicadamente floral, na boca apresenta-se um vinho encorpado e com um bom volume, taninos finos e um paladar rico em fruta e notas de barrica, o final de boca é prolongado e com boa persistência.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Agosto 2016

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Abril 2016

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .17
• Data da Revista: Outubro 2015 / Novembro 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Agosto 2015

Rótulo: A paisagem do Alto Douro é pontuada por inúmeros pombais de pedra, construídos ao longo dos tempos nas seculares quintas durienses. O pombal da Quinta do Vesúvio insere-se numa vinha que o rodeia e ao qual o emprestou o nome, vinha essa constituída pelas castas Touriga Nacional e Touriga Franca que são sinónimas da qualidade dos novos grandes tintos do Douro. Retinto e concentrado como seria de esperar de uma vinha de produções baixas, o "Pombal do Vesúvio" possui um toque mineral, escondido sob camadas de fruto maduro delicioso. Castas: Touriga Franca, Touriga Nacional e Tinta Amarela.

Etiquetas: , , , , , ,

domingo, 27 de novembro de 2016

4230 - Quinta do Todão Reserva Melhores Vinhas 2012 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas, Touriga Franca e Touriga Nacional
Produtor: Sociedade Agrícola Quinta do Todão, Lda
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Equipa enologia da Quinta do Crasto
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa e concentrada no centro, bem como uma fina auréola de tonalidade violeta, o nariz evidencia aromas florais e de frutso vermelhos e do bosque, acompanhados por sugestivas notas apimentadas e alguma tosta também, na boca é um vinho com estrutura, taninos firmes e um volume acima da média, revela um paladar muito frutado e especiado, além de ligeiramente vegetal e onde a barrica não marca em demasia o conjunto, o final de boca termina com um comprimento e persistência médios/longos.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Junho 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Junho 2016

Rótulo: Este vinho é produzido a partir de uvas de várias castas autóctones provenientes das melhores vinhas da Quinta do Todão, na região duriense do Cima Corgo. Recebeu um estágio em barricas de carvalho durante 18 meses. Elegante e sedoso, com fruta sivestre vibrante. Está pronto a beber e evoluirá positivamente nos próximos 4 anos. Decantar previamente e servir a uma temperatura de 17 Cº.

Etiquetas: , , , , , ,

Prova de Espumantes Vértice - Descoberta dos Grandes Vinhos - Heritage Wines (Out/2015)


No passado dia 12/10/2015 no Centro Cultural de Belém em Lisboa, teve lugar a Apresentação de alguns Espumantes Vértice do produtor Caves Transmontanas, Lda que faz parte do portfolio da Heritage Wines.
Esta prova foi efectuada com a degustação de 6 espumantes.


Vértice Rosé 2012 (Espumante)

Região: DOC Douro
Castas: Touriga Franca, Gouveio e Malvasia Fina
Produtor: Caves Transmontanas, Lda
Álcool: 12%
Enólogo: Celso Pereira e Pedro Guedes
Nota de Prova: Cor delicadamente rosada e nariz agradavelmente floral e cheio de frutos vermelhos frescos, na boca a bolha apresenta-se fina e o destaque vai para a sua frescura, cremosidade e volume, no paladar é claramente dominante a fruta vermelha, amparada por delicadas notas florais e vegetais, formando um conjunto muito fresco e vivo que termina com um final de boca relativamente persistente.
Classificação Pessoal: 16.5
Vértice Cuvée 2010 (Espumante)

Região: DOC Douro
Castas: Gouveio, Malvasia Fina, Rabigato, Viosinho e Touriga Franca
Produtor: Caves Transmontanas, Lda
Álcool: 12%
Enólogo: Celso Pereira e Pedro Guedes
Nota de Prova: Apresenta uma cor amarela citrina e um nariz fino, bem preenchido por aromas de frutos secos, especialmente avelãs e notas de citrinos, num fundo mais limonado e muito elegante, na boca sugere uma bolha muito fina e uma acidez vibrante, revelando-se cremoso e ao mesmo tempo complexo, no paladar realce para as notas de biscoito e para um forte toque limonado, terminando com um final de boca longo.
Classificação Pessoal: 17
Vértice Millésime 2010 (Espumante)

Região: DOC Douro
Castas: Gouveio, Malvasia Fina, Rabigato, Viosinho e Touriga Franca
Produtor: Caves Transmontanas, Lda
Álcool: 12%
Enólogo: Celso Pereira e Pedro Guedes
Nota de Prova: Cor amarelo citrino e nariz rico em sugestivas notas de biscoito e pão torrado, bem como delicadas nuances de especiarias e breves nuances de fruta madura e tosta, na boca mostra-se envolvente e harmonioso, com uma bolha muito fina e um corpo cremoso e estruturado, no paladar destaca-se a fruta e delicadas notas de frutos secos e o final de boca termina muito elegante e prolongado.
Classificação Pessoal: 17.5
Vértice Gouveio 2007 (Espumante)

Região: DOC Douro
Castas: Gouveio
Produtor: Caves Transmontanas, Lda
Álcool: 12%
Enólogo: Celso Pereira e Pedro Guedes
Nota de Prova: Cor amarelo dourado e nariz rico em aromas de fruta madura e biscoito envolvidos por delicadas sugestões de tosta e especiarias, formando um conjunto elegante e requintado, na boca revela uma bolha muito fina e uma complexidade bem interessante, com uma mousse cremosa e um agradável volume, no paladar destacam-se os frutos secos e as subtis notas de citrinos maduros, terminando com um final de boca prolongado e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Vértice Pinot Noir 2006 (Espumante)

Região: DOC Douro
Castas: Pinot Noir
Produtor: Caves Transmontanas, Lda
Álcool: 12%
Enólogo: Celso Pereira e Pedro Guedes
Nota de Prova: Cor atijolada, de tonalidade rosada, o nariz sugere aromas de frutos secos e fruta cristalizada, além de leves notas de biscoito e pão torrado, na boca apresenta-se fino e muito harmonioso, com uma bolha muitíssimo fina e uma complexidade bem interessante, no paladar é a elegância da fruta e a leveza da tosta que marcam um conjunto cheio de elegância que termina com um final de boca muito prolongado.
Classificação Pessoal: 17.5
Vértice Chardonnay 2009 (Espumante)

Região: DOC Douro
Castas: Chardonnay
Produtor: Caves Transmontanas, Lda
Álcool: 12%
Enólogo: Celso Pereira e Pedro Guedes
Nota de Prova: Apresenta uma cor amarela intensa com laivos dourados e um nariz cheio de notas de biscoito e tosta, além de delicadas mas elegantes sugestões de fruta madura e citrinos, tudo muito harmonioso e elegante, na boca revela estrutura e fineza, com uma bolha finíssima e um paladr requintado, onde a fruta e a tosta casam na perfeição com subtis nuances de frutos secos, o final de boca termina de uma forma distinta, muito prolongada e persistente.
Classificação Pessoal: 17.5

Etiquetas:

sábado, 26 de novembro de 2016

4229 - Herdade do Rocim Sommelier Edition 2013 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Alicante Bouschet, Touriga Nacional e Petit Verdot
Produtor: Herdade do Rocim
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Catarina Vieira, Pedro Ribeiro e Marco Alexandre
Notas de Prova: Apresenta uma cor intensa e concentrada, de forte tonalidade rubi, o nariz evidencia sugestivas notas de frutos vermelhos e do bosque aliados a breves aromas florais e de especiarias, num fundo marcado pela barrica e por um leve toque de cacau, na boca é um vinho equilibrado e encorpado, bem como, elegante e relativamente complexo, o paladar está cheio de fruta madura, notas especiadas e vegetais, com a barrica muito bem integrada, o final de boca termina persistente e de uma forma prolongada.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Fevereiro 2016

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17
• Data da Revista: Maio 2016 / Junho 2016

Rótulo: Entre a Vidigueira e Cuba, no interior Alentejano, onde a cultura da vinha encontra naturais características de excepção, fica a Herdade do Rocim. Da amizade entre o enólogo Pedro Ribeiro e o sommelier Marco Alexandre nasceu este vinho. Carácter, elegância e frescura são descritores do seu perfil. Após estágio de 17 meses foram seleccionadas, numa tarde de Verão, as melhores barricas de Alicante Bouschet, Touriga Nacional e Petit Verdot.

Etiquetas: , , , , , ,

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

4228 - Quinta da Pedra Escrita 2014 (Branco)



Região: Regional Douro
Castas: Verdelho, Alvarinho, Rabigato e Viognier
Produtor: VDS - Vinhos do Douro Superior, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13%
Enólogo: Rui Roboredo Madeira
Notas de Prova: Cor amarelo dourado com evidentes laivos esverdeados, o nariz revela uma forte componente cítrica e floral agradavelmente secundada por sugestivos aromas minerais e vegetais, num fundo delicadamente fumado e tostado, na boca é um vinho fresco, com uma bela acidez e um paladar acima de tudo mineral, citrino e vegetal, o final de boca termina com um comprimento ligeiramente acima da média.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Fevereiro 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Julho 2016

Rótulo: Verdelho (35%), Alvarinho (30%), Rabigato (30%), Viognier (5%). 6 meses em barrica de carvalho francês, fermentação e estágio com agitação das borras finas. Uvas da Quinta das castas Alvarinho, Verdelho, Rabigato e Viognier. Solo granitico do Douro Superior, muito arenoso a uma altitude média de 575 metros. Notas do Enólogo: Procurei com este vinho expressar a frescura das noites de Verão de uma das zonas mais quentes de Portugal, o Douro Superior, o solo granítico muito pobre da quinta limita as produções, fazendo com que haja um equilíbrio natural entre produtividade e concentração de aroma nas uvas. As noites frescas conservam a acidez e concentram a fracção aromática. Aroma muito cítrico e mineral, notas de toranja, frutos exóticos discretos e flores do campo complexadas por uma forte mineralidade do solo exclusivamente granítico, com um fumado muito discreto. Boca muito persistente e fresca com notas cítricas muito vivas resultando num conjunto muito elegante, com acidez muito fresca e persistente. Peixes gordos e fumados, marisco, excepcional com queijos de ovelha semi-curados, grande aptidão gastronómica em geral. Rui Roboredo Madeira, Enólogo.

Etiquetas: , , , , , ,

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

4227 - Roquette & Cazes 2013 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto / Jean Michel Cazes
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Daniel Llose e Manuel Lobo
Notas de Prova: Ainda está na Garrafeira.





Classificação Pessoal: ......................................-


Rótulo: O Projecto: Família Roquette (Crasto - Douro - Portugal) e Família Cazes (Château Lynch-Bages - Bordeaux - França) juntos na produção de vinhos únicos no Vale do Douro. Castas: Touriga Nacional + Touriga Franca + Tinta Roriz. Estágio: 18 meses em barricas de carvalho Francês. Serviço: Decantar previamente. Servir a 16ºC. Acompanha bem pratos de carne no forno e caça. Notas de Prova: Aromas a frutos do bosque e violetas, com notas de madeira bem integradas. Encorpado, proporcionando um final longo e macio. Três castas, duas famílias, um Terroir. Touriga Nacional, Tinta Roriz & Touriga Franca.

Etiquetas: , , , , , ,

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

4226 - Tapada de Coelheiros Chardonnay 2014 (Branco)



Região: Regional Alentejo
Castas: Chardonnay
Produtor: Sociedade Agrícola da Herdade dos Coelheiros, S.A.
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 14.5%
Enólogo: António Saramago
Notas de Prova: Cor amarela intensa e nariz delicadamente preenchido por aromas de fruta madura e breves nuances abaunilhadas e até amanteigadas, na boca é um vinho relativamente gordo e com uma acidez mediana, no paladr destaca-se a fruta e alguma barrica, num conjunto algo pesado, o final de boca termina de uma forma curta/média, em termos de prolongamento e persistência.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Abril 2016

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17
• Data da Revista: Março 2016 / Abril 2016

Rótulo: Factor de comunhão entre a humanidade, apreciar um bom vinho é sempre uma manifestação de cultura. Elaborado a partir da casta Chardonnay, este vinho branco foi fermentado em pipas de carvalho francês novo. De cor amarelo citrino, aroma a mel e frutos secos com notas de frutos tropicais, revela-se volumoso, fresco e redondo, com um final persistente e equilibrado.

Etiquetas: , , , , ,

terça-feira, 22 de novembro de 2016

4225 - Reguengos Garrafeira dos Sócios 2011 (Tinto)



Região: DOC Alentejo
Castas: Aragonez, Castelão e Trincadeira
Produtor: CARMIM - Cooperativa Agrícola de Reguengos de Monsaraz, CRL
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Rui Veladas
Notas de Prova: Apresenta uma cor intensa de tonalidade granada e um nariz rico em aromas de fruta madura e compota, aliados a evidentes sugestões terrosas e de especiarias, formando um conjunto com elegância, na boca revela-se um vinho encorpado e estruturado, com taninos firmes mas nada pesados, no paladar destaca-se a qualidade da fruta e da barrica, além de um leve toque vegetal, terminando com um final de boca prolongado.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Janeiro 2016

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17.5
• Data da Revista: Janeiro 2016 / Fevereiro 2016

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .17.5
• Data da Revista: Dezembro 2015 / Março 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Outubro 2015

Rótulo: Este vinho de qualidade superior, é cuidadosamente vinificado e permanentemente acompanhado na sua evolução em barricas de carvalho Francês e Americano. Quando atinge o momento ideal, é engarrafado, e permanece em estágio em garrafa na adega, por um período superior a um ano. Enólogo: Rui Veladas. Este vinho foi sujeito a uma clarificação mínima podendo apresentar precipitado, recomendamos uma decantação sempre que necessário.

Etiquetas: , , , , , ,

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

4224 - Azinhaga de Ouro Reserva 2013 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz
Produtor: Caves do Monte - Vinhos S.A.
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 13%
Enólogo: Marisa Ribeiro
Notas de Prova: Cor rubi de intensidade média e nariz muito frutado e delicadamente marcado pelos aromas de frutos silvestres, na boca é um vinho correcto, com um corpo médio e uma ligeira secura, no paladar destaca-se a fruta e um leve especiado, terminando com um final d eboca de comprimento curto/médio.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Fevereiro 2016

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............15
• Data da Revista: Maio 2016 / Junho 2016

Rótulo: Este vinho é elaborado a partir das castas Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz, em solo xistoso e clima mediterrâneo. É um vinho de cor rubi carregada, aroma frutado intenso, encorpado e bem equilibrado. Tem um final de prova suave e elegante com grande complexidade. Contém sulfitos. Conservar em local fresco e seco, sem incidência de raios solares.

Etiquetas: , , , , , ,

domingo, 20 de novembro de 2016

4223 - Casa da Passarella O Fugitivo Garrafeira 2013 (Branco)



Região: DOC Dão
Castas: Vinhas Velhas, Bical, Encruzado, Terrantez, Uva Cão e outras
Produtor: O Abrigo da Passarela, Lda
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 12%
Enólogo: Paulo Nunes
Notas de Prova: De cor amarela ligeiramente esverdeada, revela um nariz algo contido e pouco exuberante, com a sua componente mineral a dominar claramente o conjunto, que aos poucos vai revelando notas mais cítricas e florais, bem como um discreto toque de barrica, na boca é um vinho estruturado, com volume e uma envolvência muito interessantes, apresenta-se ainda muito jovem e com uma acidez vibrante, o paladar evidencia imensas notas minerais e citrinas, bem como um um delicado toque especiado, terminando com uma secura incrível e uma persistência acima da média.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Março 2016

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Fevereiro 2016

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17
• Data da Revista: Março 2016 / Abril 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................18
• Data da Revista: Dezembro 2015

Rótulo: Um conceito para vinhos que acontecem. Por condições únicas em anos únicos. Por uma inquietação constante, um desafio a todas as normas. Poderiam ser chamados "vinhos de colecção", mas são sobretudos vinhos para serem encontrados. E acima de tudo, descobertos. Sabendo que os vinhos brancos do Dão envelhecem nobremente em garrafa, e que a denominação "Garrafeira" é histórica na região, retomamos o estudo das técnicas ancestrais para vinificar um branco de longevidade a partir do "field blend" de vinhas velhas da Casa da Passarella. Garrafa nº 1749/1979. Paulo Nunes.

Etiquetas: , , , , , , , , ,

Prova do Vinho tinto Sossego 2014 (Jul/2016)


No passado dia 17/07/2016, realizei uma Prova do vinho tinto Sossego 2014 do produtor Sogrape Vinhos de Portugal, SA, da região do Alentejo.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Sogrape Vinhos de Portugal, SA pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Sossego 2014 (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Touriga Nacional, Aragonez, Syrah
Produtor: Sogrape Vinhos de Portugal, SA
Álcool: 13.5%
Enólogo: Luis Cabral de Almeida
Nota de Prova: Apresenta uma cor avermelhada e um nariz interessante, onde os aromas florais e de fruta vermelha madura combinam de um forma bem agradável com sugestivas nuances florais e de tosta, na boca é um vinho agradável, delicado e com um volume mediano, revela um paladar frutado e ligeiramente especiado e termina de uma forma saborosa.
Classificação Pessoal: 15.5

Etiquetas:

sábado, 19 de novembro de 2016

4222 - Escada 2007 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Franca, Tinta Roriz e Touriga Nacional
Produtor: DFJ Vinhos, SA
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 13%
Enólogo: José Neiva Correia
Notas de Prova: Apresenta uma cor granada, ligeiramente evoluída, o nariz sugere delicadas notas de couro acompanhadas por elegantes aromas especiados e fumados, bem como frutos pretos e um delicado toque mineral, na boca é um vinho de textura fina e cremosa, com uma agradável acidez e um volume interessante, revela uns taninos já bem redondos e uma evolução presente mas nada cansativa, no paladar destaca-se a fruta negra e breves sugestões apimentadas e minerais, num fundo subtilmente achocolatado, o final de boca termina com um comprimento médio.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Janeiro 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Setembro 2012

Rótulo: Escada, é um D.O.C. proveniente de uma das manchas vitícolas mais reconhecidas na produção de vinhos de alta qualidade, o Douro Superior. Para a produção deste grande vinho de edição limitada, foram seleccionadas as castas Touriga Franca, Tinta Roriz e Touriga Nacional, exclusivamente de vinhas com idades compreendidas entre os 80 e 100 anos. Foi cuidadosamente vinificado, com controlo de temperatura não superior a 30º e fermentado pelo método tradicional, com duas remontagens diária. Após fermentação alcoólica, a manta foi mergulhada durante 30 dias onde se procedeu à fermentação maloláctica e extracção dos taninos suaves. Estagiou 9 meses em barricas de carvalho francês. Este vinho não foi sujeito a qualquer estabilização ou afinamento, sendo somente submetido a uma ligeira filtração, e como tal, este produto natural, está sujeito a criar depósito. Winemaker: José Neiva.

Etiquetas: , , , , , ,

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

4221 - Vinha das Servas 2009 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonez, Trincadeira, Syrah e Alicante Bouschet
Produtor: Herdade das Servas - Serrano Mira, S.A.
Preço: Entre 20€ e 25€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Tiago Garcia
Notas de Prova: Cor rubi aberta e avermelhada, o nariz evidencia delicados aromas de fruta vermelha, além de um breve toque vegetal, na boca é um vinho simples e delicado, com um corpo leve e taninos bem polidos, no paladar a fruta revela-se contida e o final de boca termina com um comprimento curto.

Classificação Pessoal: ......................................14
• Data da Prova: Janeiro 2016

Rótulo: Produzido a partir das castas Aragonez, Trincadeira, Syrah e Alicante Bouschet, vinificado com as melhores técnicas e no seu ponto óptimo de maturação, revelou-se um vinho de cor rubi com aroma a frutos vermelhos integrados com algumas especiarias. Na boca é suave e frutado com taninos redondos e final agradável. 16/18ºC.

Etiquetas: , , , , , , ,

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

4220 - Papa Figos 2014 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Franca, Tinta Roriz, Touriga Nacional e Tinta Barroca
Produtor: Sogrape Vinhos de Portugal, SA
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Luis Sottomayor
Notas de Prova: Apresenta uma cor de tonalidade avermelhada no centro e um rebordo violáceo, o nariz sugere aromas florais e de frutos vermelhos e silvestres, acompanhados por um delicado toque vegetal, na boca é um vinho equilibrado e fresco, com taninos muito redondos e um paladar acima de tudo frutado e vegetal, o final de boca termina com um comprimento médio.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Maio 2016

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Dezembro 2015

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............14.5
• Data da Revista: Setembro 2016 / Outubro 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Fevereiro 2016

Classificação Revista Escanção: ........................87*
• Data da Prova: Julho 2015 / Outubro 2015
* Classificação de 0-100


Rótulo: De todas as aves do Douro, o Papa Figos é uma das mais raras. Uma ave migratória de cores vivas e atraentes. Chega ao Douro na Primavera, quando as videiras começam a florir, e parte para o Sul no fim do Verão, quando se preparam as vindimas. O Papa Figos é a imagem perfeita para evocar este vinho único da Casa Ferreirinha. O seu aroma revela fruta vermelha bem madura. Na boca apresenta um bom volume, acidez bem integrada e taninos de grande qualidade. Sirva a 16ºC. No sentido de preservar a sua mais alta qualidade, este vinho foi engarrafado sem tratamento pelo frio podendo formar um ligeiro depósito.

Etiquetas: , , , , , , ,

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

4219 - Quinta dos Carvalhais Encruzado 2014 (Branco)



Região: DOC Dão
Castas: Encruzado
Produtor: Sogrape Vinhos de Portugal, SA
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 13%
Enólogo: Beatriz Cabral de Almeida
Notas de Prova: Apresenta uma cor amarela muito pálida e um nariz de uma elegância ímpar, rico em fruta madura e barrica de qualidade, além de sugestivas notas minerais e de tosta que conferem uma bela complexidade ao conjunto, na boca é um vinho fino, com estrutura e uma acidez fantástica, além de evidenciar uma ligeira secura, o paladar revela notas cítricas e de fruta madura, além de breves nuances de madeira, terminando com um final de boca muito seco e longo de comprimento.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Janeiro 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Novembro 2015

Rótulo: Produzido exclusivamente a partir da mais tradicional casta branca do Dão - Encruzado - este é um vinho que segue a sofisticação e elegância que caracterizam Quinta dos Carvalhais. Com uma cor palha brilhante, fundem-se os aromas intensos de fruta fresca (maçã e pêssego) com o exotismo da fruta tropical. Revelam-se, ainda, notas de baunilha resultantes da fermentação e estágio durante 6 meses em barricas de carvalho novo. Com um final cremoso e elegante, este vinho tem um grande potencial de envelhecimento em garrafa (5-10 anos). Guardar em local fresco e seco com as garrafas deitadas. Servir fresco.

Etiquetas: , , , , ,

terça-feira, 15 de novembro de 2016

4218 - Quinta do Crasto Reserva Vinhas Velhas 2013 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Manuel Lobo
Notas de Prova: Cor rubi concentrada no centro e laivos de tonalidade violeta brilhante, o nariz revela elegância e frescura, com as notas florais e os frutos do bosque agradavelmente envolvidos pela barrica e por diversas notas de vegetais e de especiarias, na boca mostra-se um vinho harmonioso, encorpado e volumoso, com um paladar cheio, muito frutado e onde a barrica revela subtileza e fineza, termina com um final de boca longo e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................17.5
• Data da Prova: Novembro 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Dezembro 2015

Rótulo: Produzido por um dos mais conceituados produtores do Douro. Vinificado a partir de uvas provenientes das nossas vinhas com idade média de 70 anos, o Quinta do Crasto Douro Reserva 2013, apresenta uma grande complexidade e concentração resultante das baixas produções características das vinhas velhas em combinação com o seu estágio de 18 meses em barricas de carvalho francês e americano. Engarrafado sem filtração em Agosto de 2015 pode vir a criar depósito durante o seu envelhecimento em garrafa. 16º-18ºC.

Etiquetas: , , , ,

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

4217 - Altas Quintas Reserva 2007 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Trincadeira, Aragonez e Alicante Bouschet
Produtor: Altas Quintas, Lda
Preço: Entre 20€ e 25€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Paulo Laureano
Notas de Prova: Cor granada intensa e nariz rico em notas especiadas e de couro, bem como delicados aromas de cacau e um ligeiro toque de vegetal seco, na boca é um vinho elegante e delicadamente evoluído, com um bm volume e uma estrutura interessante, revela um paladar algo frutado e onde a madeira e as notas de especiarias dominam o conjunto, o final de boca é prolongado.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Fevereiro 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Novembro 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Abril 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Julho 2013

Rótulo: Altas Quintas Reserva é um vinho fiel à nossa obsessão por fazer nada menos do que grandes vinhos. Cultivado e produzido num terroir de excepção, a 600m de altitude em plena Serra de S. Mamede, utilizando apenas uvas com grandes concentrações das castas Trincadeira, Aragonez e Alicante Bouschet, a que se seguiram longas macerações em balseiros de carvalho francês e estágio em barricas novas, este Reserva demonstra uma forte personalidade e uma vocação: desafiar a sua prova para o surpeender. Este vinho foi sujeito apenas a uma leve filtragem grosseira, pelo que pode criar depósito com a idade. Enólogo: Paulo Laureano.

Etiquetas: , , , , , ,

domingo, 13 de novembro de 2016

4216 - Monte Cascas Reserva Douro 2014 (Branco)



Região: DOC Douro
Castas: Gouveio e Viosinho
Produtor: Casca Wines
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Helder Cunha
Notas de Prova: Cor citrina e nariz bem preenchido por notas de fruta madura e breves apontamentos minerais e de citrinos, na boca é um vinho equilibrado e fresco, com um paladar mais limonado e mineral do que frutado, o final de boca termina com um comprimento mediano mas bem agradável.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Janeiro 2016

Rótulo: Casca Wines é um projecto de Enólogos e Especialistas de Vinhos que decidiram criar uma marca de vinho Português de grande qualidade. Um projecto que apenas trabalha com as melhores uvas e que procura reavivar a cultura única de Portugal, na criação de vinhos. Helder Cunha winemaker. Castas: 90% Viosinho & 10% Gouveio. Aged 12 months in french oak.

Etiquetas: , , , , ,

Prova do Vinho tinto Santa Vitória Reserva 2014 (Jul/2016)


No passado dia 17/07/2016, realizei uma Prova do vinho tinto Santa Vitória Reserva 2014 do produtor Casa de Santa Vitória - Sociedade Agro-Industrial, SA, da região do Alentejo.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Casa de Santa Vitória - Sociedade Agro-Industrial, SA pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Santa Vitória Reserva (Tinto)

Região: Regional Alentejo
Castas: Touriga Nacional, Trincadeira, Syrah, Merlot e Cabernet Sauvignon
Produtor: Casa de Santa Vitória - Sociedade Agro-Industrial, SA
Álcool: 14%
Enólogo: Bernardo Cabral
Nota de Prova: Cor vermelha de média intensidade no centro e uma fina auréola violeta, o nariz encontra-se bem preenchido por aromas de fruta vermelha e delicadas notas florais e apimentadas, na boca é um vinho correcto, com taninos delicados e um paladar dominado pela fruta madura, o final de boca termina com um comprimento relativamente curto.
Classificação Pessoal: 15

Etiquetas:

sábado, 12 de novembro de 2016

4215 - Muros de Melgaço Alvarinho 2014 (Branco)



Região: DOC Vinhos Verdes
Castas: Alvarinho
Produtor: Anselmo Mendes Vinhos, Lda
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Anselmo Mendes
Notas de Prova: Apresenta uma bonita cor amarela e um nariz rico em aromas minerais e cítricos, além de um ligeiro toque floral e frutado, na boca é um vinho muito equilibrado, com uma bela acidez e uma leve secura, conta com um paladar mais limonado e frutado do que mineral e merece todo o destaque a sua permanente elegância e envolvência, o final de boca termina de uma forma expressiva.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Julho 2016

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Fevereiro 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Novembro 2015

Rótulo: A casta Alvarinho faz parte das mais distintas castas em todo o Mundo. Este vinho é criado em adega tradicional, fermenta e estagia em barricas de carvalho francês. Anselmo Mendes winemaker.

Etiquetas: , , , , ,

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

4214 - Pêra-Manca 2013 (Branco)



Região: DOC Alentejo
Castas: Antão Vaz e Arinto
Produtor: Fundação Eugénio de Almeida
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Pedro Baptista
Notas de Prova: Cor amarelo brilhante e nariz agradavelmente preenchido por aromas de fruta madura envolvidos com elegantes sugestões fumadas e de tosta e ainda um leve toque especiado e mineral, na boca evidencia uma agradável estrutura e secura, além de uma juventude bem presente, no paladar destaca-se a fruta envolvida pela barrica, bem como subtis nuances mais cítricas e minerais, o final de boca termina com um comprimento e uma persistência prolongados.

Classificação Pessoal: ......................................17
• Data da Prova: Março 2016

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17
• Data da Revista: Novembro 2015 / Dezembro 2015

Rótulo: O vinho Pêra-Manca - Évora remonta ao séc XV, "citado nas crónicas quinhentistas e se exportava largamente nas esquadras portuguesas em demanda de terras ultramarinas" (Espanca) e referida por D. João II em 1488 numa Carta de Câmara de Évora. «No fim do século XIX o vinho Pêra-Manca, propriedade de J. Soares, teve grande projecção pela sua valiosa presença em concursos internacionais, tendo obtido um invejável conjunto de prémios» (Rosário) salientando-se medalhas de ouro em Bordéus em 1897 e 1898. Este vinho branco, de 2013, foi elaborado a partir de uvas das castas Antão Vaz e Arinto, vinificado parcialmente em barricas de carvalho francês e depósito de inox. A totalidade do lote foi sujeito a estágio de doze meses, sobre a borra fina, seguido de estágio em garrafa durante seis meses. Foram produzidos 43.000 litros em garrafas numeradas, cabendo a esta o 01246.

Etiquetas: , , , , ,

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

4213 - Quinta da Pedra Alta Reserva 2005 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz e Touriga Franca
Produtor: Quinta da Pedra Alta
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 14%
Enólogo: António Diniz
Notas de Prova: Cor granada de média intensidade e nariz rico em notas de couro e um certo apimentado, aliados a breves nuances de barrica e alguma fruta muito madura, na boca é um vinho com alguma estrutura e taninos já polidos, com uma evolução já notória, no paladar destaca-se a madeira velha e breves notas de fruta vermelha já muito madura, terminando com um final de boca de comprimento médio.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Dezembro 2015

Rótulo: Um Reserva de grande personalidade e com estrutura bem marcada. Proveniente das castas Touriga Nacional (70%), Tinta Roriz (15%) e Touriga Franca (15%), fermentou em lagar tradicional de granito a temperaturas controladas (25/30ºC), tendo concluído a fermentação em cascos de carvalho francês e americano, onde estagiou 9 meses. Aromas intensos e complexos, virtuoso, e profundo. Taninos nobres e irreverentes, vigoroso, mas elegante. Na boca cheio e possante. Enólogo: António Diniz.

Etiquetas: , , , , , ,

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

4212 - Fagote Grande Reserva Vinhas Velhas 2012 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Vinhas Velhas, Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca e Tinta Barroca
Produtor: CVD - Companhia dos Vinhos do Douro, Lda
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 14%
Enólogo: José Miguel Vasquez de Almeida
Notas de Prova: Apresenta uma cor concentrada no centro e uma auréola de tonalidade violeta bem evidente, no nariz sobressaem os aromas florais e de fruta vermelha, acompanhados por um delicado toque vegetal e diversas especiarias, na boca é um vinho equilibrado e relativamente encorpado, com taninos redondos e um paladar frutado, muito especiado e tostado, o final de boca termina com um comprimento médio/longo.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Janeiro 2016

Rótulo: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca e Tinta Barroca. Aroma frutado, taninos firmes e equilibrados, madeira bem integrada, formando um conjunto com o final prolongado e elegante. Estagiou em barricas de carvalho Francês durante 12 meses. Pratos de carne. Servir entre 16-18ºC.

Etiquetas: , , , , , , , ,

terça-feira, 8 de novembro de 2016

4211 - Assobio 2014 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Tinta Roriz, Touriga Franca e Touriga Nacional
Produtor: Esporão S.A.
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 14%
Enólogo: David Baverstock, Luís Patrão e Michael Wren
Notas de Prova: Cor rubi de tonalidade avermelhada e nariz fresco, onde os aromas florais e de fruta vermelha se misturam com suaves notas vegetais, na boca é um vinho equilibrado, muito redondo e de volume médio, revela um paladar rico em fruta madura e delicadas nuances de especiarias, bem como um evidente toque vegetal, o final de boca tem um comprimento médio.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Dezembro 2015

Rótulo: O Douro é a mais antiga região D.O.C. do mundo (est. 1756). A construção da barragem do Tua irá destruir irremediavelmente o vale do Tua, que integra este património mundial classificado pela UNESCO. A Plataforma Salvar o Tua, de que fazemos parte, tem por missão, proteger e valorizar este património e impedir a construção desta barragem. Saiba mais em www.esporao.com. Fotografia de Duarte Belo. Assobio é o nome de uma encosta ventosa da nossa propriedade dos Murças. Produzido a partir de castas Tinta Roriz, Touriga Franca e Touriga Nacional, plantadas em solos xistosos. Fez estágio parcial (30%) em barricas de carvalho francês e americano de 2º ano. Para obtermos melhores vinhos, a nossa agricultura segue os princípios da produção integrada.

Etiquetas: , , , , , ,

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

4210 - Monte da Peceguina 2013 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonez, Touriga Nacional, Trincadeira, Syrah e Alicante Bouschet
Produtor: Herdade da Malhadinha Nova, SA
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: Luís Duarte e Pedro Garcia
Notas de Prova: Cor rubi intensa e nariz agradavelmente preenchido por aromas de fruta vermelha e preta, além de breves apontamentos vegetais, especiados e tostados, na boca é um vinho equilibrado, com taninos redondos e um volume correcto, revelando um paladar frutado e especiado, onde a sua componente vegetal está bem presente, o final de boca termina com um comprimento mediano.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Dezembro 2015

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............16
• Data da Revista: Julho 2015 / Agosto 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Abril 2015

Rótulo: Nas vinhas da Herdade da Malhadinha Nova, propriedade familiar situada em Albernôa no sul da planície Alentejana, foram colhidas à mão as uvas das castas Aragonez, Touriga Nacional, Trincadeira, Syrah e Alicante Bouschet, que após vinificação deram vida a este vinho. Em 1998, ano de início desde projecto, nasceu a Francisca, primeiro elemento da nova geração da família. Foi ela quem plantou a primeira cepa dos 27 hectares de vinha da propriedade. Coube este ano ao seu irmão, João Maria, a delicada tarefa de representar, com o seu desenho, a paixão que queremos continuar a partilhar com todos os apreciadores do bom vinho alentejano.

Etiquetas: , , , , , , , ,

domingo, 6 de novembro de 2016

4209 - Quinta da Fata Encruzado 2014 (Branco)



Região: DOC Dão
Castas: Encruzado
Produtor: Quinta da Fata - Agricultura e Turismo, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13%
Enólogo: António Narciso
Notas de Prova: Apresenta uma cor amarela muito pálida e um nariz rico em notas minerais e citrinos muito maduros, além de um breve toque vegetal e de fruta tropical madura, na boca é um vinho fresco, muito jovem e com uma acidez bem presente, no paladar destaca-se a sua componente mineral e limonada, o final de boca termina com um comprimento e persistência de expressão média.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Março 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Dezembro 2015

Rótulo: Produzido a partir da casta Encruzado, este vinho fermentou em inox e barricas com batonage durante 5 meses. No nariz sobressai a fruta e mineralidade e na boca apresenta-se fresco, com estrutura, volume e final equilibrado. De modo a manter todo o seu potencial não foi estabilizado pelo frio, tendo apenas uma ligeira filtração antes do engarrafamento. Sendo um produto natural é susceptível de criar depósito. Consumir a uma temperatura de 8 a 10ºC. Acompanhando todos os pratos de peixe e marisco e algumas carnes mais leves. Guardar as garrafas em ambiente com temperatura amena e controlada, ao abrigo da luz e na horizontal. Contém sulfitos.

Etiquetas: , , , , ,

Prova do Vinho branco Domingos Soares Franco Colecção Privada Sauvignon Blanc 2015 (Jul/2016)


No passado dia 12/07/2016, realizei uma Prova do vinho branco Domingos Soares Franco Colecção Privada Sauvignon Blanc 2015 do produtor José Maria da Fonseca Vinhos, S.A. da região de Península de Setúbal.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao produtor José Maria da Fonseca Vinhos, S.A. pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Domingos Soares Franco Colecção Privada Sauvignon Blanc 2015 (Branco)

Região: Regional Península de Setúbal
Castas:
Sauvignon Blanc e Verdelho
Produtor: José Maria da Fonseca Vinhos, S.A.
Álcool: 12.5%
Enólogo: Domingos Soares Franco
Nota de Prova: Apresenta uma cor amarelo palha e o nariz revela-se agradavelmente frutado e vegetal, com delicadas notas limonadas e florais a acompanhar, na boca é um vinho bem fresco e com uma sugestiva acidez, onde revela um paladar muito frutado e floral e termina com um final de boca médio/longo.
Classificação Pessoal: 16

Etiquetas:

sábado, 5 de novembro de 2016

4208 - Adega Mãe Merlot 2013 (Tinto)



Região: Regional Lisboa
Castas: Merlot
Produtor: Adega Mãe - Sociedade Agrícola, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Anselmo Mendes e Diogo Lopes
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi bem carregada no centro e um nariz rico em notas de pimento e fruta vermelha madura, acompanhados por um delicado toque vegetal e breves notas de madeira, na boca é um vinho com uma agradável estrutura, taninos bem presentes e um paladar frutado e especiado, além de vegetal e bem apimentado, o final de boca termina com um comprimento médio.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Dezembro 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Fevereiro 2016

Rótulo: Casta mundialmente reconhecida por fazer vinhos de grande complexidade, o Merlot Adega Mãe adaptou-se extraordinariamente bem às encostas da região de Lisboa. É um vinho rico, com notas de pimentão e de fruta vermelha, fez um estágio de 10 meses em barricas de carvalho francês. Enólogos: Anselmo Mendes e Diogo Lopes.

Etiquetas: , , , , ,

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

4207 - Adega Mãe Pinot Noir 2013 (Tinto)



Região: Regional Lisboa
Castas: Pinot Noir
Produtor: Adega Mãe - Sociedade Agrícola, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Anselmo Mendes e Diogo Lopes
Notas de Prova: Cor granada intensa e nariz agradavelmente perfumado por aromas de frutos vermelhos e um ligeiro toque floral e vegetal, num fundo mais especiado e delicadamente fumado, na boca é um vinho equilibrado, elegante e relativamente encorpado, com taninos redondos e um paladar dominado pela fruta vermelha madura, o final de boca termina com um comprimento e persistência acima da média.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Dezembro 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Fevereiro 2016

Rótulo: Casta reconhecida pela sua elegância, o Pinot Noir Adega Mãe representa o melhor que a regiõ de Lisboa tem para dar. É um vinho muito equilibrado e elegante. Estagiou 10 meses em barricas de carvalho francês. Enólogos: Anselmo Mendes e Diogo Lopes.

Etiquetas: , , , , ,