• Pedro Rafael Barata
  • prtbarata@gmail.com
  • O objectivo deste Blog não é mais do que uma "Montra Pessoal" de vinhos provados. Visitem e Comentem!
  • Caro Produtor, se tem interesse em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos, clique aqui!
  •     
        
  • RSS







Todos os Vinhos Provados no Blog Os Vinhos (3784)
Todos os Vinhos Provados em Eventos de Provas de Vinhos (3272)

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

3919 - Crasto Superior 2012 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz e Sousão
Produtor: Sociedade Agrícola da Quinta do Crasto
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Manuel Lobo
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi de forte intensidade e um nariz rico em aromas de frutos silvestres e notas florais acompanhadas por evidentes sugestões de barrica e especiarias, na boca é um vinho equilibrado, com taninos polidos e um paladar muito frutado, além de evidenciar nuances vegetais e de madeira, termina com um final de boca de comprimento médio/alto.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Maio 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Novembro 2014

Rótulo: Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz e Sousão. Crasto Superior é produzido com a selecção das melhores uvas provenientes da nossa propriedade localizada no "Douro Superior". Estágio de 12 meses em barricas de carvalho francês.

Etiquetas: , , , , , , ,

3918 - Cova da Ursa Chardonnay 2014 (Branco)



Região: Regional Península de Setúbal
Castas: Chardonnay
Produtor: Bacalhôa Vinhos de Portugal, S.A.
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Filipa Tomaz da Costa e Vasco Penha Garcia
Notas de Prova: Cor amarela brilhante e nariz fino e elegante, onde evidentes, frescos e jovens aromas de frutos tropicais se misturam com delicadas notas vegetais e florais, num fundo mais abaunilhado e elegante, com a barrica e um leve toque fumado a conferir uma agradável complexidade, na boca é um vinho volumoso, com estrutura e muito bem suportado por uma bela acidez e por uma certa untuosidade, no paladar destaca-se a fruta madura, acompanhada por subtis nuances de barrica e o final de boca termina de uma forma prolongada e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Setembro 2015

Classificação Revista Escanção: ........................87*
• Data da Prova: Março 2015 / Abril 2015
* Classificação de 0-100


Rótulo: Produzido com uvas da casta Chardonnay da nossa vinha "Cova da Ursa", situada nas encostas da Serra da Arrábida. O seu solo pedregoso argilo-calcário e o meso-clima da zona da Arrábida, permitem que as uvas desta casta amadureçam lentamente atingindo uma elevada qualidade. Da cuidadosa tecnologia de vinificação realçamos a fermentação e maturação integral em barricas novas de carvalho francês. O vinho apresenta uma cor dourada com reflexos esverdeados, um sabor rico em notas aromáticas e gustativas da casta Chardonnay, combinadas com nuances tostadas e abaunilhadas, provenientes do estágio em madeira.

Etiquetas: , , , , ,

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

3917 - Terras de Monforte Escolha 2009 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Trincadeira, Aragonez e Cabernet Sauvignon
Produtor: Herdade do Perdigão, Exploração Agrícola e Vinícola, Lda
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 14%
Enólogo: Paulo Laureano
Notas de Prova: Apresenta uma cor intensa, de tonalidade granada, o nariz sugere aromas de fruta madura e compota aliados a delicadas sugestões balsâmicas e um leve toque apimentado e especiado, na boca é um vinho equilibrado, com uma estrutura agradável e taninos finos, no paladar destaca-se a fruta vermelha muito bem envolvida com a tosta e diversas especiarias, termina com um final de boca de comprimento e persistência de expressão média.br />
Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Março 2015

Rótulo: A entrada num universo exótico de sensações reservado aos vinhos de eleição, Terras de Monforte identifica univocamente a Herdade do Perdigão e é um dos emblemas do vinho de Monforte. Este vinho Tinto Escolha é elaborado a partir das castas Trincadeira, Aragonez e Cabernet Sauvignon num conjunto pleno de frescura, de complexidade e de volume. Estagiou 16 meses em barricas de carvalho francês e americano e após engarrafamento manteve-se 8 meses em garrafa antes da sua comercialização.

Etiquetas: , , , , , ,

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

3916 - Vidigueira Reserva 2013 (Branco)



Região: DOC Alentejo
Castas: Antão Vaz e Perrum
Produtor: Adega Cooperativa da Vidigueira, Cuba e Alvito, C.R.L.
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 13%
Enólogo: Luis Morgado Leão, José Martins da Fonseca e João Melícias
Notas de Prova: Apresenta uma cor de tonalidade amarelada e um nariz rico em aromas de fruta madura envolvidos com evidentes nuances de barrica e tosta, bem como subtis nuances de frutos secos, na boca é um vinho com alguma estrutura e uma certa cremosidade, revela-se complexo e com bom volume de boca e conta com um paladar frutado e especiado, além de sugerir baunilha e um delicado toque mineral, termina com um final de boca de comprimento e persistência ligeiramente acima da média.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Abril 2015

Rótulo: Produzido a partir dos mostos das castas Antão Vaz e Perrum, parcialmente fermentado em barricas de carvalho Francês e americano, com movimentação regular de borras finas. No nariz revela a fruta bem integrada com a madeira. É encorpado e muito complexo, evidenciando sabores de mel, baunilha e frutos secos. Termina untuoso e longo. Servir a 10/11ºC. Acompanhe esta história que se derenrola em Atos.

Etiquetas: , , , , ,

Prova do Vinho branco Pinta Negra 2014 (Nov/2015)


No passado dia 06/11/2015, realizei uma Prova do Vinho branco Pinta Negra 2014 do produtor Adega Mãe da região de Lisboa.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao produtor Adega Mãe - Sociedade Agrícola, Lda pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Pinta Negra 2014 (Branco)

Região: Regional Lisboa
Castas:
Fernão Pires e Arinto
Produtor: Adega Mãe - Sociedade Agrícola, Lda
Álcool: 12.5%
Enólogo: Anselmo Mendes e Diogo Lopes
Nota de Prova: Cor amarelo pálido e nariz subtilmente floral, além de evidenciar breves notas de citrinos e alguma fruta madura, na boca é um vinho simples, com uma acidez correcta e um paladar ligeiramente frutado, o final de boca termina curto.
Classificação Pessoal: 14

Etiquetas:

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

3915 - Terras de Monforte 2013 (Branco)



Região: Regional Alentejo
Castas: Antão Vaz, Arinto e Verdelho
Produtor: Herdade do Perdigão, Exploração Agrícola e Vinícola, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Paulo Laureano
Notas de Prova: Cor amarela pálida com delicados reflexos esverdeados, o nariz sugere aromas de fruta tropical envolvidos por evidentes notas vegetais e florais, num fundo mais cítrico e até mineral, na boca é um vinho fresco e equilibrado, com um paladar frutado e muito limonado que termina com um final de boca de comprimento mediano.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Março 2015

Rótulo: A entrada num universo exótico de sensações reservado aos vinhos de eleição, Terras de Monforte identifica univocamente a Herdade do Perdigão e é um dos emblemas do vinho de Monforte. Este vinho branco é elaborado a partir das castas Antão Vaz, Arinto e Verdelho num conjunto pleno de frescura, de complexidade e de volume.

Etiquetas: , , , , , ,

3914 - Quinta dos Carvalhais Branco Especial (Branco)



Região: DOC Dão
Castas: Encruzado, Gouveio, Semillon e outras
Produtor: Sogrape Vinhos de Portugal, SA
Preço: Entre 25€ e 50€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Beatriz Cabral de Almeida
Notas de Prova: ainda está na Garrafeira.







Classificação Pessoal: ......................................-


Classificação Wine - Essência do Vinho: .............18.5
• Data da Revista: Janeiro 2016 / Fevereiro 2016

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17.5
• Data da Revista: Janeiro 2015

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............18
• Data da Revista: Novembro 2014 / Dezembro 2014

Rótulo: Quinta dos Carvalhais Branco Especial é um vinho sublime, que recupera e eleva a um novo nível tradições antigas do Dão como a de engarrafar tardiamente vinhos brancos estagiados em madeira. Composto por um lote de vinhos das melhores colheitas, envelhecidos em barricas de carvalho na propriedade entre 7 e 9 anos, onde se unem castas como o Encruzado, Gouveio e Semillon, resulta um vinho muito complexo onde se destacam sobretudo aromas a pólvora, trufas, algum mel e frutos secos. Quinta dos Carvalhais Branco Especial tem uma acidez muito bem integrada, um volume extraordinário e um final de boca elegante, difícil de esquecer. É um vinho que pede calma e dedicação, para saborear o que de melhor o Dão tem para oferecer. Engarrafado em Dezembro de 2013.

Etiquetas: , , , , , , ,

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

3913 - Aegerter Chablis Premier Cru Vieilles Vignes 2013 (Branco)



Região: França
Castas: Chardonnay e Vinhas Velhas
Produtor: Jean-Luc & Paul Aegerter
Preço: Entre 20€ e 25€
Álcool: 13%
Enólogo: Jean Luc Aegerter
Notas de Prova: Cor amarela brilhante e nariz fino e elegante, onde revela uma riqueza de aromas de fruta madura e delicadas notas especiadas envolvidas por um leve toque mineral e até fumado, na boca é um vinho com estrutura e volume, uma boa acidez e um paladar cheio de fruta e sugestões minerais, terminando com um final de boca prolongado.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Agosto 2015

Rótulo: Founded -

Etiquetas: , , , , ,

domingo, 7 de fevereiro de 2016

3912 - Ben Marco Malbec 2009 (Tinto)



Região: Argentina
Castas: Malbec e Bonarda
Produtor: Dominio Del Plata
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 14%
Enólogo: Susana Balbo
Notas de Prova: Cor rubi intensa e um nariz rico em aromas de frutos silvestres, principalmente amoras, envolvidos por notas de compota e ameixa preta, além de subtis nuances florais e de chocolate, num fundo dominado pelas especiarias, na boca é um vinho fresco, com uma bela estrutura e taninos redondos, revela um paladar cheio de fruta negra e diversas notas especiadas, além de alguma barrica, o final de boca tem um comprimento acima da média.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Março 2015

Rótulo: Many harvests ago, Susana Balbo learned that great wines start in the vineyard. BenMarco wines pay homage to the people who care for these vineyards and the pride and passion they feel. The vineyards are located in Mendoza at 900 metres above sea level. The long warm days and cool nights allow the grapes to mature to develop ripe, concentrated flavours. For BenMarco, all of the decisions in the vineyard, from the level of sun exposure to the harvesting, are made to enhance the purity of the fruit from this unique terroir. Fill a glass with BenMarco and toast to the wonders of Nature.

Etiquetas: , , , , , ,

Prova do Vinho tinto Cabriz Reserva 2012 (Out/2015)


No passado dia 25/10/2015, realizei uma Prova do vinho tinto Cabriz Reserva 2012 do produtor Dão Sul - Sociedade Vitinícola, SA do Dão.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao Produtor Dão Sul - Sociedade Vitinícola, SA pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Cabriz Reserva 2012 (Tinto)

Região: DOC Dão
Castas:
Touriga Nacional, Alfrocheiro e Tinta Roriz
Produtor: Dão Sul - Sociedade Vitinícola, SA
Álcool: 13.5%
Enólogo: Osvaldo Amado
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi de média intensidade e um nariz rico em aromas de frutos silvestres e florais, acompanhados por breves notas especiadas, na boca é um vinho equilibrado e relativamente volumoso, denotando um paladar frutado e especiado, além de delicadamente tostado, o final de boca termina de uma forma relativamente prolongada.
Classificação Pessoal: 16

Etiquetas:

sábado, 6 de fevereiro de 2016

3911 - Séries Samarrinho 2013 (Branco)



Região: DOC Douro
Castas: Samarrinho
Produtor: Real Companhia Velha - Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro, S.A
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Jerry Luper, Gabriela Canossa e Manuel Brites
Notas de Prova: Cor amarela citrino e nariz relativamente aromático, onde os aromas de fruta madura e os citrinos combinam com alguma mineralidade e breves notas vegetais, na boca é um vinho equilibrado, com uma acidez e uma frescura bem presentes, revela um paladar seco, frutado e mineral, além de subtilmente especiado, terminando com um final de boca de expressão média.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Outubro 2015

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Abril 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Março 2015

Rótulo: A linha de vinhos Séries na Real Companhia Velha representa a nossa paixão pela inovação e experimentação na procura de vinhos novos e cada vez mais interessantes. Estes vinhos serão sempre ensaios onde procuramos explorar diferentes técnicas, castas ou abordagens que nos ensinem algo passível de vir a ser aplicado na gama comercial. Casta: Samarrinho. Branco - 858 garrafas.

Etiquetas: , , , , ,

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

3910 - Quinta do Portal Reserva 2011 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Tinta Roriz, Touriga Nacional e Touriga Franca
Produtor: Sociedade Quinta do Portal, S.A.
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 14%
Enólogo: Paulo Coutinho
Notas de Prova: Cor rubi intensa no centro e auréola de tonalidade violácea, o nariz sugere frescos aromas florais envolvidos pela fruta vermelha e evidentes notas de especiarias e barrica, na boca é um vinho fino e sedutor, com uma complexidade e juventude bem evidentes, revela um paladar cheio de fruta preta e sugestivas notas de chocolate e pimenta, termina com um final de boca prolongado e muito persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Março 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Fevereiro 2015

Rótulo: Este vinho é um excelente exemplo do que o Douro é capaz de produzir. Forte, vigoroso mas ainda assim elegante, resulta da excelente combinação das castas Tinta Roriz (45%), Touriga Nacional (40%) e Touriga Franca (15%), de um primoroso estágio em cascos novos de carvalho francês. Floral e quente, transborda a espiritualidade e saber de uma região que ama o vinho!

Etiquetas: , , , , , ,

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

3909 - Vallado Prima 2014 (Branco)



Região: DOC Douro
Castas: Moscatel Galego Branco
Produtor: Quinta do Vallado - Sociedade Agrícola, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Francisco Olazabal
Notas de Prova: Apresenta uma cor pálida de tonalidade palha e um nariz claramente marcado pelos aromas florais e minerais, secundados por algum vegetal e citrino, na boca é um vinho relativamente seco, com uma acidez agradável e um paladar rico em notas cíticas e minerais, bem como uma forte componente vegetal, o final de boca revela um comprimento e uma persistência medianas.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Março 2015

Rótulo: As vinhas do Vallado situam-se no vale do rio Douro, e mantém-se na família Ferreira, descendente de Dona Antónia Adelaide Ferreira, há seis gerações. Casta: Moscatel Galego Branco. Enólogo: Francisco Olazabal.

Etiquetas: , , , , ,

3908 - Terra a Terra Reserva 2011 (Tinto)



Região: DOC Douro
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz
Produtor: Quanta Terra - Sociedade de Vinhos, Lda
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 14%
Enólogo: Celso Pereira e Jorge Alves
Notas de Prova: Cor rubi de média intensidade e concentração, o nariz sugere frescos aromas florais e de frutos do bosque, apoiados por delicadas notas vegetais e especiadas e subtis nuances de tosta, na boca é um vinho muito equilibrado, com taninos redondos e relativamente encorpado, no paladar destaca-se a fruta vermelha madura e novamente a sua típica componente vegetal, num fundo marcado pelas especiarias e pela barrica, termina com um final de boca de comprimento médio/alto.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Março 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Outubro 2014

Rótulo: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz. Cuidadosamente vinificadas originaram um vinho de cor rubi profunda. Aroma complexo, frutado a amora madura e ameixa preta, a cedro e especiarias. Sabor de textura elegante, equilibrado por uma estrutura densa, intenso e complexo. Termina longo, persistente e frutado. Gastronomia: Pratos Carnes vermelhas, fumeiro, queijos de pasta mole, pratos asiáticos, risottos.

Etiquetas: , , , , , ,

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

3907 - Quinta de La Rosa Reserva 2013 (Branco)



Região: DOC Douro
Castas: Viosinho, Rabigato, Gouveio e Códega do Larinho
Produtor: Quinta de La Rosa
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Sophia Bergqvist e Jorge Moreira
Notas de Prova: Cor citrina e nariz muito fresco, onde os aromas minerais se misturam com a fruta e evidentes nuances cítricas, na boca é um vinho equilibrado, algo seco e com uma acidez correcta, revela um paladar frutado e cremoso, com a barrica a conferir uma certa complexidade, termina com um final de boca de expressão média.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Abril 2015

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............16
• Data da Revista: Janeiro 2015 / Fevereiro 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Outubro 2014

Rótulo: Empresa Familiar. Castas: 60% Viosinho, 40% mistura de várias castas - Rabigato, Gouveio e Códega do Larinho. Apanha manual, Envelhecido em cascos de carvalho francês. Sophia Bergqvist e Jorge Moreira.

Etiquetas: , , , , , , ,

Prova do Vinho branco Dory 2014 (Nov/2015)


No passado dia 06/11/2015, realizei uma Prova do Vinho branco Dory 2014 do produtor Adega Mãe da região de Lisboa.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao produtor Adega Mãe - Sociedade Agrícola, Lda pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Dory 2014 (Branco)

Região: Regional Lisboa
Castas:
Fernão Pires, Arinto, Viosinho e Viognier
Produtor: Adega Mãe - Sociedade Agrícola, Lda
Álcool: 12.5%
Enólogo: Anselmo Mendes e Diogo Lopes
Nota de Prova: Cor amarela citrina delicadamente esverdeada e nariz muito aromático, com os aromas florais e tropicais a misturarem-se com evidentes sugestões cítricas e vegetais, na boca é um vinho equilibrado, com uma acidez muito viva e uma frescura agradável, revela um paladar mais citrinos e mineral do que frutado e termina com um final de boca de comprimento médio.
Classificação Pessoal: 15.5

Etiquetas:

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

3906 - Herdade dos Grous 2012 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Aragonês, Syrah, Alicante Bouschet e Touriga Nacional
Produtor: Herdade dos Grous
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Luís Duarte
Notas de Prova: Cor rubi de elevada intensidade e nariz fresco e agradavelmente preenchido por aromas de frutos vermelhos, acompanhados por um evidente toque vegetal e subtis nuances de especiarias, na boca é um vinho equilibrado, de estrutura média e taninos ainda muito presentes, na boca apresenta-se um vinho frutado e especiado, além de vegetal e delicadamente apimentado, o final de boca termina com um comprimento médio.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Setembro 2015

Rótulo: Elegante o grou é venerado pela sua graça e beleza e pelas suas árduas migrações de longa distância. Após vinificação das castas Aragonez, Syrah, Alicante Bouschet e Touriga Nacional, estagiou 9 meses em barricas carvalho francês. Um vinho criado à semelhança do Grou. Deve ser servido à temperatura de 14ºC a 16ºC.

Etiquetas: , , , , , , ,

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

3905 - Dory Reserva 2011 (Tinto)



Região: Regional Lisboa
Castas: Touriga Nacional, Cabernet Sauvignon e Syrah
Produtor: Adega Mãe - Sociedade Agrícola, Lda
Preço: Entre 7.5€ e 10€
Álcool: 14%
Enólogo: Anselmo Mendes e Diogo Lopes
Notas de Prova: Cor rubi intensa e muito concentrada, o nariz sugere aromas de fruta preta misturada com delicadas notas florais, terrosas e apimentadas, bem como diversas especiarias e ainda subtis nuances tostadas e até achocolatadas, na boca é um vinho denso, estruturado e encorpado, com os taninos a revelarem solidez e o paladar a apresentar fruta negra e leves apontamentos minerais, bem como evidentes sugestões vegetais e de barrica, o final de boca é relativamente prolongado e persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Março 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Junho 2015

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17
• Data da Revista: Maio 2015 / Junho 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Agosto 2014

Rótulo: O Dory Reserva, é feito com as três melhores castas da vindima de 2011, Touriga Nacional, Cabernet Sauvignon e Syrah. Estagiou 14 meses em barricas novas de carvalho francês e americano. Sirva-se à temperatura de 16ºC." Os Enólogos: Anselmo Mendes e Diogo Lopes.

Etiquetas: , , , , , ,

domingo, 31 de janeiro de 2016

3904 - Dory 2013 (Branco)



Região: Regional Lisboa
Castas: Arinto, Viognier e Fernão Pires
Produtor: Adega Mãe - Sociedade Agrícola, Lda
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 13%
Enólogo: Anselmo Mendes e Diogo Lopes
Notas de Prova: Cor amarela delicada e nariz agradavelmente marcado pelos aromas florais e de citrinos, bem como subtis notas minerais e vegetais, na boca é um vinho fresco e algo seco, com uma acidez correcta e um paladar dominado pelas sugestões limonadas e minerais, acompanhadas por alguma fruta madura e por um leve toque vegetal, termina com um comprimento e uma persistência de expressão relativamente curta.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Março 2015

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............14.5
• Data da Revista: Março 2015 / Abril 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Agosto 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................15.5
• Data da Revista: Julho 2014

Rótulo: Arinto, Viognier e Fernão Pires. Aroma intenso, vibrante e mineral. Frescura atlântica. 10ºC. Enólogo: Anselmo Mendes e Diogo Lopes.

Etiquetas: , , , , , ,

Prova de Vinhos O Mundo da Penfolds (Nov/2015)


No passado dia 01/11/2015 no Centro de Congressos da FIL – Junqueira em Lisboa, teve lugar uma Prova de Vinhos da prestigiada marca Penfolds, realizada no âmbito do Evento Encontro com o Vinhos e com os Sabores 2015, organizado pela entidade Revista de Vinhos.

Prova comentada pelo Brand Ambassador da Penfolds Samuel Stephens e Ricardo Vales da Vinalda.


Penfolds Bin 51 Eden Valley Riesling 2014 (Branco)

Região: Austrália
Castas:
Riesling
Produtor: Penfolds Wines
Álcool: 12.5%
Enólogo: Peter Gago
Nota de Prova: Cor amarela límpida e nariz muito floral e limonado, além de sugerir citrinos bem maduros e aromas de fruta tropical, bem como um ligeiro mas típico toque apetrolado, na boca revela uma bela acidez e um paladar algo seco mas expressivo, onde a fruta tropical está dominante e muito bem acompanhada por breves notas florais, o final de boca termina agradavelmente persistente.
Classificação Pessoal: 16.5
Penfolds Bin 128 Coonawarra Shiraz 2012 (Tinto)

Região: Austrália
Castas:
Shiraz
Produtor: Penfolds Wines
Álcool: 14.5%
Enólogo: Peter Gago
Nota de Prova: Cor rubi intensa e nariz agradavelmente floral e rico em frutos vermelhos e do bosque, num fundo mais vegetal e algo terroso, na boca é um vinho jovem, muito equilibrado e com taninos presentes mas ao mesmo tempo elegantes, o paladar evidencia fruta vermelha madura e um ligeiro toque floral, bem como delicadas notas especiadas e de barrica, terminando de uma forma prolongada e relativamente persistente.
Classificação Pessoal: 16.5
Penfolds Bin 128 Coonawarra Shiraz 2002 (Tinto)

Região: Austrália
Castas:
Shiraz
Produtor: Penfolds Wines
Álcool: 14%
Enólogo: Peter Gago
Nota de Prova: Cor granada muito concentrada no centro e auréola de tonalidade acastanhada, o nariz evidencia fortes aromas terrosos e de couro, bem como alguma madeira velha e breves notas de tabaco, na boca é um vinho ligeiramente evoluído e apimentado, bem como agradavelmente complexo e bem preenchido por sugestões de fruta negra e madeira, o final de boca termina relativamente longo.
Classificação Pessoal: 16
Penfolds Bin 389 Cabernet & Shiraz 2010 (Tinto)

Região: Austrália
Castas:
Cabernet Sauvignon e Shiraz
Produtor: Penfolds Wines
Álcool: 14.5%
Enólogo: Peter Gago
Nota de Prova: Cor rubi intensa e nariz tostado e fumado, além de apresentar delicadas notas de ameixa, entre diversas frutas pretas, amoras e ainda breves nuances apimentadas e até vegetais, na boca é um vinho com estrutura e bem encorpado, onde revela um paladar mais especiado do que frutado, aliado a sugestivas notas de barrica e um leve toque mineral, o final de boca termina longo e muito persistente.
Classificação Pessoal: 17
Penfolds Bin 389 Cabernet & Shiraz 2009 (Tinto)

Região: Austrália
Castas:
Cabernet Sauvignon e Shiraz
Produtor: Penfolds Wines
Álcool: 14.5%
Enólogo: Peter Gago
Nota de Prova: Cor rubi intensa e nariz cheio de fruta bem madura e notas vegetais, além de alguma menta e subtis nuances de chocolate, num fundo mais apimentado e delicadamente tostado, na boca é um vinho envolvente e complexo, onde a fruta preta e breves notas de barrica revelam uma ligação notável, no paladar destaca-se ainda um leve toque terroso e vegetal seco, bem como complexas notas de cacau e especiarias muito finas, o final de boca termina com um comprimento longo e uma enorme persistência.
Classificação Pessoal: 17.5
Penfolds Bin 407 Cabernet Sauvignon 2010 (Tinto)

Região: Austrália
Castas:
Cabernet Sauvignon
Produtor: Penfolds Wines
Álcool: 14.5%
Enólogo: Peter Gago
Nota de Prova: Apresenta uma cor intensa de tonalidade avermelhada, com o nariz a evidenciar notas de pimento e pimenta, acompanhadas por alguma fruta vermelha e breves sugestões de especiarias e barrica, na boca é um vinho encorpado e harmonioso, com a fruta muito bem envolvida com a barrica e com evidentes notas vegetais e apimentadas, num fundo mais terroso, o final de boca termina de uma forma prolongada.
Classificação Pessoal: 17
Penfolds Bin 407 Cabernet Sauvignon 2009 (Tinto)

Região: Austrália
Castas:
Cabernet Sauvignon
Produtor: Penfolds Wines
Álcool: 14.5%
Enólogo: Peter Gago
Nota de Prova: Cor rubi muito concentrada e nariz fino, delicado e ao mesmo tempo complexo, apresentando ainda fortes aromas de cassis e ameixa, bem como alguma pimenta e ainda um leve toque vegetal seco, na boca é um vinho encorpado e elegante, com taninos finos e uma estrutura bem vincada, o paladar revela-se apimentado e cheio de fruta preta, acompanhados por um ligeiro toque de barrica e também uma breve sensação vegetal, o final de boca termina de uma forma prolongada.
Classificação Pessoal: 17
Penfolds RWT Barossa Valley Shiraz 2008 (Tinto)

Região: Austrália
Castas:
Shiraz
Produtor: Penfolds Wines
Álcool: 14.5%
Enólogo: Peter Gago
Nota de Prova: Apresenta uma bonita cor rubi muito intensa e concentrada no centro, com laivos avermelhados e ligeiramente violetas, o nariz apresenta-se cheio de aromas de fruta vermelha e notas florais, agradavelmente envolvidos por sugestivas notas de barrica, um breve toque fumado e ainda finas especiarias e nuances terrosas, formando um conjunto complexo, muito elegante e cativante, na boca é um vinho muito elegante e fino, onde a fruta madura e as breves notas especiadas combinam na perfeição com um ligeiro floral e breves notas de chocolate, num fundo dominado pela barrica de grande qualidade, o final de boca termina bem prolongado e com uma enorme persistência.
Classificação Pessoal: 18
Penfolds RWT Barossa Valley Shiraz 1999 (Tinto)

Região: Austrália
Castas:
Shiraz
Produtor: Penfolds Wines
Álcool: 13.5%
Enólogo: Peter Gago
Nota de Prova: Cor granada intensa e nariz rico em aromas de couro, breves notas de especiarias e ainda algum vegetal seco, bem como um delicado toque terroso muito bem envolvido com a fruta negra, na boca é um vinho de fino recorte, com uma envolvência notável e um paladar amplamente dominado pela fruta negra e pela barrica de grande qualidade, revela delicadas notas de flores secas breves nuances especiadas, terminando com um final de boca longo e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Penfolds Grange Shiraz 2002 (Tinto)

Região: Austrália
Castas:
Shiraz e Cabernet Sauvignon
Produtor: Penfolds Wines
Álcool: 14.5%
Enólogo: Peter Gago
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi de tonalidade granada, o nariz sugere aromas de especiarias e amoras bem maduras, bem como algum chocolate e breves nuances de ameixas secas, num fundo mais tostado e apimentado, na boca é um vinho de uma elegância notável, muito volumoso e encorpado, com um paladar rico em fruta negra e notas de couro e especiarias, além de fazer lembrar algum cacau e subtis nuances de vegetal seco, o final de boca termina longo e muito persistente.
Classificação Pessoal: 17.5

Etiquetas:

sábado, 30 de janeiro de 2016

3903 - Adega Mãe Cabernet Sauvignon 2012 (Tinto)



Região: Regional Lisboa
Castas: Cabernet Sauvignon
Produtor: Adega Mãe - Sociedade Agrícola, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Anselmo Mendes e Diogo Lopes
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi profunda e um nariz rico em aromas especiados e de pimentos, agradavelmente acompanhados por alguma fruta vermelha e delicadas notas tostadas, na boca é um vinho elegante, equilibrado e fresco, além de muito jovem e com taninos firmes, revela um paladar muito frutado e tostado, bem como apimentado e até vegetal, o final de boca termina com um comprimento médio/longo.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Março 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Janeiro 2015

Rótulo: A mais internacional das castas tintas, encontra nas vinhas da região de Lisboa um terroirde excelência. Este Cabernet Sauvignon Adega Mãe, é um vinho profundo, com notas silvestres e com 10 meses de estágio em barricas de carvalho francês e americano. Enólogos: Anselmo Mendes e Diogo Lopes.

Etiquetas: , , , , ,

3902 - Adega Mãe Sauvignon Blanc 2013 (Branco)



Região: Regional Lisboa
Castas: Sauvignon Blanc
Produtor: Adega Mãe - Sociedade Agrícola, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 13%
Enólogo: Anselmo Mendes e Diogo Lopes
Notas de Prova: Apresenta uma cor citrina e um nariz algo complexo, com delicadas aromas vegetais e de fruta tropical madura misturados com breves notas de pimentos, na boca é um vinho correcto, com uma acidez mediana e um paladar frutado e cítrico, revelando ainda sugestivas notas vegetais, termina com um final de boca de comprimento médio.

Classificação Pessoal: ......................................15
• Data da Prova: Abril 2015

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............15.5
• Data da Revista: Março 2015 / Abril 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Agosto 2014

Rótulo: O Sauvignon Blanc é uma das mais expressivas castas do mundo. Cheio de intensidade e frescura, este Sauvignon Blanc Adega Mãe é um vinho original, com mistura de aromas vegetais, ligeiro tropical e acidez atlântica. Enólogos: Anselmo Mendes e Diogo Lopes.

Etiquetas: , , , , ,

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

3901 - Dory 2012 (Tinto)



Região: Regional Lisboa
Castas: Syrah e Aragonez
Produtor: Adega Mãe - Sociedade Agrícola, Lda
Preço: Entre 2€ e 4€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Anselmo Mendes e Diogo Lopes
Notas de Prova: Cor rubi intensa e nariz agradavelmente preenchido por aromas de fruta preta e delicadas notas de especiarias, envolvidas por um sugestivo toque balsâmico e levemente apimentado, na boca é um vinho equilibrado, guloso até, com uma estutura mediana e taninos com alguma firmeza, no paladar a fruta madura é claramente dominadora e está muito bem apoiada por leves sugestões tostadas e especiadas, o final de boca revela um comprimento e uma persistência agradáveis.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Março 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Janeiro 2015

Rótulo: Syrah e Aragonez. Vinho intenso com notas de fruta preta e de especiarias. 16ºC. Enólogo: Anselmo Mendes e Diogo Lopes.

Etiquetas: , , , , ,

3900 - Adega Mãe Merlot 2012 (Tinto)



Região: Regional Lisboa
Castas: Merlot
Produtor: Adega Mãe - Sociedade Agrícola, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 15.5%
Enólogo: Anselmo Mendes e Diogo Lopes
Notas de Prova: Cor rubi intensa e nariz rico em fruta vermelha madura e notas de chocolate, bem como delicados aromas apimentados e de tosta, na boca é um vinho vigoroso, encorpado e com taninos firmes, revela um paladar elegante, claramente dominado pela fruta negra e por notas vegetais e algum pimento, num fundo mais especiado e bem preenchido pelas notas de barrica, o final de boca é algo seco e relativamente prolongado.

Classificação Pessoal: ......................................16.5
• Data da Prova: Março 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Abril 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Janeiro 2015

Rótulo: Casta mundialmente reconhecida por fazer vinhos de grande complexidade, o Merlot Adega Mãe adaptou-se extraordinariamente bem às encostas da região de Lisboa. É um vinho muito rico, com notas de pimentão e de fruta vermelha. Fez estágio de 10 meses em barricas de carvalho francês. Enólogos: Anselmo Mendes e Diogo Lopes.

Etiquetas: , , , , ,

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

3899 - Adega Mãe Viosinho 2012 (Branco)



Região: Regional Lisboa
Castas: Viosinho
Produtor: Adega Mãe - Sociedade Agrícola, Lda
Preço: Entre 4€ e 7.5€
Álcool: 14%
Enólogo: Anselmo Mendes e Diogo Lopes
Notas de Prova: Cor amarela e nariz muito aromático e cheio de fruta, onde sobressaem os aromas de pêra e pêssegos, bem como alguma tropicalidade, na boca é um vinho agradável, muito fresco e com uma acidez interessante, conta com um paladar muito frutado e mineral e termina com um final de boca saboroso e de comprimento médio/alto.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Março 2015

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............15
• Data da Revista: Março 2014 / Abril 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Julho 2013

Rótulo: A conjugação das características da casta Viosinho com o terroir onde estão as nossas vinhas, permitiu obter um vinho claramente original. Com uma mistura de notas vegetais e minerais, equilibradas por uma refrescante acidez, o Viosinho Adega Mãe é um vinho único. Enólogos: Anselmo Mendes e Diogo Lopes.

Etiquetas: , , , , ,

3898 - Monte da Ravasqueira Syrah & Viognier 2012 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Syrah e Viognier
Produtor: Sociedade Agrícola D. Diniz, S.A.
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Pedro Pereira Gonçalves e Vasco Rosa Santos
Notas de Prova: Cor rubi no centro e auréola de forte tonalidade violeta, o nariz apresenta frescos aromas de frutos vermelhos, envolvidos por delicadas notas de tosta e chocolate, na boca é um vinho guloso, harmonioso e marcado por uma frescura sempre presente, no paladar a fruta continua dominante, bem como um certo alicorado e breves notas vegetais e de escpeciarias, termina com um final de boca relativamente persistente.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Abril 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Dezembro 2014

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............17
• Data da Revista: Novembro 2014 / Dezembro 2014

Rótulo: Syrah 97%, Viognier 3% MR, resultou de uma selecção de cepas de várias zonas de 2 blocos de vinha. As uvas brancas Viognier fermentaram juntamente com o Syrah com o objectivo de transmitir frescura, elegância e maior longevidade. Estagiou 18 meses em barricas novas de Carvalho Francês e Americano. Produção: 3374 garrafas. Este vinho procura transmitir a singularidade da vinha que lhe deu origem através de uma enologia e viticultura inovadoras e singulares.

Etiquetas: , , , , ,

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

3897 - Monte da Ravasqueira Touriga Franca 2012 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Touriga Franca
Produtor: Sociedade Agrícola D. Diniz, S.A.
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 13%
Enólogo: Pedro Pereira Gonçalves e Vasco Rosa Santos
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa e muito concentrada, com um nariz rico em fruta preta e vermelha madura, além de evidentes notas minerais e fumadas, pimenta e também baunilha, num fundo agradavelmente especiado, na boca é um vinho equilibrado, com taninos firmes e um paladar marcado pela fruta madura e breves notas vegetais e até minerais, terminando com um final de boca de comprimento médio/longo.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Março 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Dezembro 2014

Rótulo: Touriga Franca MR, resultou de uma selecção de cepas de várias zonas de 2 blocos de vinha. Procurou-se nestas zonas maior concentração, frescura e elegância. Estagiou 18 meses em barricas novas de Carvalho Francês. Produção: 3269 garrafas. Este vinho procura transmitir a singularidade da vinha que lhe deu origem através de uma enologia e viticultura inovadoras e singulares.

Etiquetas: , , , , ,

Prova do Moscatel Alambre Moscatel Roxo de Setúbal 2010 (Out/2015)


No passado dia 30/10/2015, realizei uma Prova do Moscatel Alambre Moscatel Roxo de Setúbal 2010 do produtor José Maria da Fonseca Vinhos, S.A. da região de Península de Setúbal.

Gostaria de deixar aqui uma palavra de agradecimento ao produtor José Maria da Fonseca Vinhos, S.A. pelo interesse demonstrado em divulgar os seus vinhos no Blog Os Vinhos.

Alambre Moscatel Roxo de Setúbal 2010 (Moscatel)

Região: DOC Península de Setúbal
Castas:
Moscatel Roxo
Produtor: José Maria da Fonseca Vinhos, S.A.
Álcool: 17.5%
Enólogo: Domingos Soares Franco
Nota de Prova: Apresenta uma bonita e brilhante cor intensa de tonalidade âmbar, o nariz evidencia expressivos aromas de tangerina, além de breves notas de citrinos e um ligeiro toque melado, na boca é um vinho aveludado e volumoso, com uma bela acidez e um paladar frutado e rico em notas de mel e breves apontamentos de frutos secos, o final de boca é longo e relativamente persistente.
Classificação Pessoal: 16.5

Etiquetas:

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

3896 - Monte da Ravasqueira Reserva 2013 (Branco)



Região: Regional Alentejo
Castas: Viognier e Alvarinho
Produtor: Sociedade Agrícola D. Diniz, S.A.
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 12.5%
Enólogo: Pedro Pereira Gonçalves e Vasco Rosa Santos
Notas de Prova: Cor citrina e nariz agradavelmente frutado, bem como limonado e algo vegetal e especiado, na boca é um vinho muito bem equilibrado, com uma bela acidez e uma vivacidade bem interessante, conta com um paladar dominado pela fruta tropical e por sugestivas notas vegetais e cítricas, num fundo delicadamente mineral e tostado, termina com um final de boca de comprimento médio/alto.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Maio 2015
Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Abril 2015

Classificação Paixão pelo Vinho - Wine Passion: .16.5
• Data da Revista: Outubro 2015 / Novembro 2015

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............16
• Data da Revista: Março 2015 / Abril 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16.5
• Data da Revista: Agosto 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Agosto 2013

Rótulo: MR Reserva Branco é um blend de 2 castas provenientes das parcelas que mais se destacaram na vinha MR. Viognier (60%) e Alvarinho (40%) foram as castas que em 2013 apresentaram maior frescura e exuberância, características essências desta gama Reserva. 60% do lote estagiou em barricas de Carvalho Francês.

Etiquetas: , , , , ,

3895 - Monte da Ravasqueira Alvarinho 2012 (Branco)



Região: Regional Alentejo
Castas: Alvarinho
Produtor: Sociedade Agrícola D. Diniz, S.A.
Preço: Entre 10€ e 12.5€
Álcool: 12%
Enólogo: Pedro Pereira Gonçalves e Vasco Rosa Santos
Notas de Prova: Apresenta uma cor citrina e um nariz delicado, onde os aromas minerais e cítricos se misturam com alguma fruta e breves sugestões vegetais, na boca é um vinho algo seco, com uma acidez bem presente e um paladar dominado por uma forte componente mineral, agradavelmente apoiada por subtis apontamentos limonados e vegetais, termina com um final de boca saboroso e de comprimento mediano.

Classificação Pessoal: ......................................15.5
• Data da Prova: Março 2015

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............16
• Data da Revista: Outubro 2013 / Dezembro 2013

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Setembro 2013

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Agosto 2013

Rótulo: Alvarinho MR, é proveniente de uma zona específica da vinha MR que em 2012 apresentou maior carácter varietal. Intensidade, frescura e mineralidade fazem deste alvarinho ummonovarietal invulgar e único na região onde se insere. Produção: 3460 garrafas. Feito com uvas de uma zona selecionada e específica da vinha, a casta mantém toda a sua identidade de origem.

Etiquetas: , , , , ,

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

3894 - Monte da Ravasqueira NA Nero d'Avola 2012 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Nero d'Avola
Produtor: Sociedade Agrícola D. Diniz, S.A.
Preço: Entre 12.5€ e 15€
Álcool: 13.5%
Enólogo: Pedro Pereira Gonçalves e Vasco Rosa Santos
Notas de Prova: Apresenta uma cor rubi de tonalidade avermelhada, o nariz sugere frescos aromas florais e de fruta vermelha acompanhados por breves notas especiadas e de pimenta, na boca é um vinho muito equilibrado, de volume médio e taninos redondos, conta com um paladar bem frutado, agradavelmente envolvido por delicadas sugestões vegetais e termina com um final de boca de comprimento e persistência acima da média.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Maio 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................16
• Data da Revista: Dezembro 2014

Rótulo: MR NA encontrou no terroir da Ravasqueira condições favoráveis de adaptação. Proveniente de uma parcela de apenas 0,38ha este vinho expressa, de forma característica, a complexidade e a estrutura da casta que lhe dá origem. Produção: 3298 garrafas. No terroir do Monte da Ravasqueira esta casta italiana procura manter todo o seu carácter de origem.

Etiquetas: , , , , ,

domingo, 24 de janeiro de 2016

3893 - Monte da Ravasqueira Vinha das Romãs 2012 (Tinto)



Região: Regional Alentejo
Castas: Touriga Franca e Syrah
Produtor: Sociedade Agrícola D. Diniz, S.A.
Preço: Entre 15€ e 20€
Álcool: 14.5%
Enólogo: Pedro Pereira Gonçalves e Vasco Rosa Santos
Notas de Prova: Cor rubi intensa no centro e auréola de tonalidade violeta, o nariz sugere aromas de frutos silvestres e vermelhos agradavelmente misturados com diversas notas de especiarias e um delicado toque tostado e até mineral, na boca é um vinho muito equilibrado e jovem, com uma interessante complexidade, taninos redondos e um volume acima da média, no paladar a fruta madura está bem presente e muito bem integrada com a madeira, além de evidenciar delicados apontamentos especiados e fumados, termina com um final de boca de comprimento e persistência de expressão média/alta.

Classificação Pessoal: ......................................16
• Data da Prova: Fevereiro 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Novembro 2015

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Dezembro 2014

Classificação Wine - Essência do Vinho: .............18
• Data da Revista: Novembro 2014 / Dezembro 2014

Classificação Revista dos Vinhos: ......................17
• Data da Revista: Agosto 2013

Rótulo: Distintas pela concentração e elegância, as uvas do Vinha das Romãs tornaram-se icon do Monte da Ravasqueira dando origem todos os anos a um blend de Touriga Franca e Syrah em proporções diferentes. Estagiou 20 meses em barricas novas de Carvalho Francês.

Etiquetas: , , , , ,

Prova Vertical do Vinho Tinto Quinta do Javali Old Vines no Restaurante Tendinha (Out/2015)


No passado dia 14/10/2015, realizou-se uma Prova Vertical do Vinho Tinto Quinta do Javali Old Vines, do produtor Quinta do Javali da região do Douro, através da organização e convite de Rui Lourenço Pereira, responsável da Distribuidora QWG Unipessoal, Lda. Durante o jantar e respectiva Prova de Vinhos estiveram presentes os Bloggers :
- Pedro Rafael Barata (Blog Os Vinhos)
- Rui Lourenço Pereira (Blog Art meets Bacchus)
- Carlos Janeiro (Blog Comer, Beber e Lazer)
- Francisco Damião de Brito (Blog Vinho do Porto Vintage).

Esta prova foi efectuada com a degustação das últimas 7 colheitas: 2005, 2007, 2008, 2009, 2010, 2011 e 2012.


Quinta do Javali Old Vines 2005 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Tinta Roriz, Touriga Franca, Tinto Cão, Touriga Nacional e Vinhas Velhas
Produtor: Quinta do Javali
Álcool: 15%
Enólogo: António Mendes
Nota de Prova: Cor granada muito carregada e nariz rico em aromas de fruta vermelha madura, acompanhados por delicados toques fumados e especiados além de subtis nuances terrosas, na boca mostra-se um vinho elegante, muito volumoso e encorpado, com taninos elegantes e um paladar rico em fruta preta e notas de especiarias e de barrica, tudo muito bem envolvido e em harmonia, o final de boca termina com um comprimento longo.
Classificação Pessoal: 17.5
Quinta do Javali Old Vines 2007 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Tinta Roriz, Touriga Franca, Tinto Cão, Touriga Nacional e Vinhas Velhas
Produtor: Quinta do Javali
Álcool: 14.5%
Enólogo: António Mendes
Nota de Prova: Apresenta uma cor praticamente opaca no centro e um rebordo avermelhado, o nariz evidencia uma complexidade notável, com a fruta preta e a barrica de grande qualidade a revelarem uma harmonia fantástica, num fundo mais especiado e ligeiramente balsâmico e mineral, na boca revela um carácter único, bem como um volume incrível, onde se destaca a sua elegância e fineza, ao mesmo tempo que evidencia complexidade, no paladar destacam-se as notas de barrica, de grande qualidade, muito bem envolvidas pela fruta preta e por alguma mineralidade, o final de boca termina de uma forma muito prolongada e com uma persistência notável.
Classificação Pessoal: 18.5
Quinta do Javali Old Vines 2008 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Tinta Roriz, Touriga Franca, Tinto Cão, Touriga Nacional e Vinhas Velhas
Produtor: Quinta do Javali
Álcool: 14.5%
Enólogo: António Mendes
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa e um nariz rico em fruta vermelha muito madura envolvida por delicadas notas minerais e terrosas, num fundo mais especiado e onde a barrica está bem presente, na boca é um vinho elegante e complexo, com taninos firmes e um paladar cheio de fruta vermelha e notas minerais, tudo agradavelmente envolvido pela barrica de qualdade, o final de boca termina de uma forma prolongada.
Classificação Pessoal: 17
Quinta do Javali Old Vines 2009 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Tinta Roriz, Touriga Franca, Tinto Cão, Touriga Nacional e Vinhas Velhas
Produtor: Quinta do Javali
Álcool: 14%
Enólogo: António Mendes
Nota de Prova: Cor densa e profunda de tonalidade avermelhada, o nariz sugere imensos aromas de fruta preta madura e delicadas notas balsâmicas, misturadas com um ligeiro toque floral e diversos apontamentos especiados, na boca é um vinho volumoso, encorpado e envolvente, onde revela um paladar cheio de fruta negra e especiarias, além de breves nuances tostadas e minerais, o final de boca termina muito longo e com grande persistência.
Classificação Pessoal: 17.5
Quinta do Javali Old Vines 2010 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Tinta Roriz, Touriga Franca, Tinto Cão, Touriga Nacional e Vinhas Velhas
Produtor: Quinta do Javali
Álcool: 14.5%
Enólogo: António Mendes
Nota de Prova: Cor densa e de forte tonalidade rubi, o nariz sugere elegantes aromas de frutos negros, notas de especiarias e e um delicado toque de chocolate e até algum couro, num fundo onde é notória a elegância da barrica e uma certa mineralidade, na boca é um vinho estruturado, com taninos firmes e um paladar cheio de fruta madura e diversas notas especiadas, apimentadas e até algo terrosas, que combinam na perfeição com a barrica, o final de boca é prolongado e persistente.
Classificação Pessoal: 17
Quinta do Javali Old Vines 2011 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Tinta Roriz, Touriga Franca, Tinto Cão, Touriga Nacional e Vinhas Velhas
Produtor: Quinta do Javali
Álcool: 14.5%
Enólogo: António Mendes
Nota de Prova: Apresenta uma cor rubi intensa e muito concetrada no centro, quase opaca, no nariz destacam-se os elegantes aromas de fruta vermelha e notas florais misturadas com um leve toque vegetal e mineral, num fundo mais especiado e onde a barrica evidencia toda a sua complexidade, na boca é um vinho fino, com taninos firmes mas sedosos e um corpo volumoso e envolvente, revela um paladar muito bem preenchido por sugestões de fruta negra e diversas especiarias, além de subtis apontamentos da madeira, o final de termina de uma forma muito prolongada e persistente.
Classificação Pessoal: 18
Quinta do Javali Old Vines 2012 (Tinto)

Região: DOC Douro
Castas:
Tinta Roriz, Touriga Franca, Tinto Cão, Touriga Nacional e Vinhas Velhas
Produtor: Quinta do Javali
Álcool: 14.5%
Enólogo: António Mendes
Nota de Prova: Cor profunda e muito concentrada no centro com um rebordo de tonalidade avermelhada, o nariz sugere exuberantes e finos aromas de frutos pretos acompanhados por delicadas notasde cacau e especiarias, num fundo dominado pela barrica e por breves apontamentos de couro, na boca é um vinho estruturado e elegante, além de harmonioso e sedoso, com o paladar a evidenciaa uma forte componente de fruta e barrica, o final de boca termina longo e muito persistente.
Classificação Pessoal: 17.5

Etiquetas: